03/02/2010

GAUCHÃO'10: Grêmio frita no calor e São Luiz volta com um ponto para casa


Não foi só o Batista que o calor de mais de 40º derrubou no estádio Olímpico, o Grêmio também foi vítima da temperatura e teve mais uma atuação preocupante na competição. O clima de desconfiança é enorme e, apesar de circunstancias alheias ao erro humano, a torcida não está gostando do que vê.

Nada pior que após perder um clássico não vencer em casa. O time de Silas ainda não se encontrou e vem deixando muito tricolor de cabelo branco, nossa próxima partida é demasiada fácil, mesmo sendo fora. Se não vencer a coisa realmente ficará preta para o técnico gremista.


Primeiro tempo

Sem Souza (que ficará fora nos próximos 6 meses), o Grêmio sequer esboçou algum tipo de superioridade no meio campo, foi dominado pelo adversário e só não perdeu devido a mística que paira sobre o Monumental a mais de um ano. Hugo que ganhou um voto de confiança no time sendo posto como organizador, deu uma resposta razoável, mas acredito que Douglas possa dar mais quando estrear.

Foto: ClicRBS
O primeiro lance de perigo foi aos 11 minutos, a defesa do São Luiz afastou mal, a bola sobrou para Hugo que tocou para Jonas, o camisa 7  recebeu e mandou um chute forte contra o gol alvirrubro, mas a bola passou sobre o gol de Oliveira.

Aos 25 minutos mais uma vez Hugo, em uma jogada individual o meia entrou na área e tentou o cruzamento, mas ninguém chegou a tempo. Cinco minutos depois foi a vez de Mário Fernandes quase colocar o Grêmio na frente, o guri mandou para Jonas que, na cara do gol, tentou driblar o goleiro que fez a defesa.

Foto: ClicRBS
O Imortal tentava, mas seus próprios erros impediam maiores façanhas, aos 37 minutos, por exemplo, Jonas recebeu mais uma vez na cara do gol e, novamente, perdeu a chance.


Segundo tempo

Sem conseguir marcar nas chances claras que teve na primeira etapa, o Grêmio sofreu o revés logo aos 2 minutos. Eraldo deixou dois marcadores para traz e cruzou para Wanderson que estudou as redes do Tricolor.

Foto: ClicRBS
Aos 5 minutos o Imortal tentou dar a resposta com Mário Fernandes que cruzou bola açucarada para Borges, o centroavante mandou uma bomba na trave, foi por pouco que não chegou o empate.

Com a obrigação de marcar os donos da casa foram para o abafa, pressionando o time de Ijuí que não saia da defesa. Aos 14 minutos Hugo arriscou um chute contra o gol visitante, mas o goleiro Oliveira fez uma defesa milagrosa e aos 26 a insistência surtiu efeito com Borges, que recebeu cruzamento de Maylson e cabeceou direto para dentro do gol.


Foto: ClicRBS
Depois os tricolores até que tentaram, mas restava impossível uma reação nas condições subumanas que a Federação Gaúcha impôs aos atletas, aliás, a nossa federação é de uma incompetência gigantesca, do jeito que está jamais teremos outros clubes grandes como Grêmio e Internacional e o campeonato Gaúcho nunca deixará de ter como campeões a dupla da capital. Eles deveria se espelhar na Federação Paulista.


FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 1x1 SÃO LUIZ
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 3 de fevereiro de 2009, quarta-feira
Renda: R$ 62.132
Público: 4.746
Árbitro: Fabrício Corrêa
Assistentes: Vilmar Burini e Tatiana Freitas
Cartão amarelo: Fábio Rochemback, Maurício e Maylson (G) Bronzatti e Baiano (SL)
Gols: Wanderson, a 1 minuto do segundo tempo e Borges, aos 26 minutos do segundo tempo.
GRÊMIO: Victor; Mário Fernandes, Rafael Marques e Maurício; Joílson (Maylson), Adilson (Fábio Rochemback), Ferdinando, Hugo (Fábio Santos) e Lúcio; Borges e Jonas
Técnico: Silas
SÃO LUIZ: Oliveira; Jonatan, Marcelo, Bronzatti e Wanderson; Xaro, Rudiero (Baiano), Fronsa e Jean Paulo (Nicolas); Luciano Fonseca (Bruno Soares) e Eraldo
Técnico: Beto Campos



Resultado/Próximo jogo

O empate pode não ter sido um bom resultado, mas pelo menos nos mantemos na 1º colocação do Grupo 1. Estamos com 11 pontos, quatro a mais que o Novo Hamburgo, segundo colocado da chave. Na classificação geral estamos atrás do Inter e do próprio São Luiz.

Nossa próxima partida é dia 7 de fevereiro, domingo. O jogo será no Complexo Esportivo da ULBRA, em Canoas, às 19h, contra o Universidade. Esse é o time mais fraco da competição, precisamos vencer.




Vídeo:



0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011