17/05/2011

GAUCHÃO'11: O Grêmio perdeu para si mesmo



O Inter teria vencido a decisão do Campeonato Gaúcho 2011 se o Grêmio não tivesse antes perdido para si mesmo. A derrota inicia em Renato Portaluppi, foi ele o cara que conseguiu produzir algo com um elenco capenga que Odone+Martins formaram, foi ele que, a trancos e barrancos, levou o Grêmio até a Final, mas foi ele também aquele que colocou FERNANDO (um garoto RESERVA e DA BASE) para cobrar um pênalti na final da Taça Farroupilha e, da mesma forma, colocou Adilson (ótimo jogador, mas que NUNCA TERÁ capacidade de fazer um gol a não ser por acidente), sem falar em William Magrão (RESERVA).

Os erros de Renato custaram aquilo que ele mesmo construiu, no final das contas de nada vale vencer fora, conquistar o primeiro turno e ter a melhor campanha quando se escolhe reservas e afins para cobrar penalidades. Os vermelhos colocaram o Giñazu? por ÓBVIO que não, mas os azuis tinham que fazer diferente e colocar um volante que, antes das cobranças, disse que não estava bem para cobrar, AMADORISMO.

O Jogo não foi ruim, muito pelo contrário, o resultado não foi vergonhoso e a atuação gremista não deixou a desejar, mas no fim fomos nós que tivemos de vender os fogos para a comemoração colorada, pois o estoque estava cheio de material para a festa que não seria nossa. O time pecou pela idéia de ofensividade absurda, eram eles que precisavam atacar, fazer o que? Retranca tradicional, estilo jogo no Chile contra a Universidad Católica, teria sido a solução.


Primeiro tempo


O Grêmio começou o jogo frenético, a equipe azul se aproveitou dos desatinos colorados no começo do jogo para buscar a ampliação da vantagem na final. Aos 15 minutos o Inter não suportou a pressão gremista e tomou o primeiro. Douglas mandou ótima bola para Lúcio que não desperdiçou. Grêmio 1X0 Inter.

Foto: ClicEsportes
Mesmo com a vantagem o Imortal continuou mandando na partida e as chances para marcar o segundo eram cada vez mais seguidas. Um minuto depois do gol Viçosa perdeu uma das melhores chances de jogo, Douglas mandou para o atacante que chutou para fora.

Os colorados estavam perdidos, não conseguiam passar do meio de campo e perdiam qualquer disputa para os gremistas, parecia que seria uma goleada. Com a obrigação de fazer 3 gols, Falcão mudou o time, tirou Juan e entrou Zé Roberto no meio do primeiro tempo. A entrada do centroavante mudou a partida, o Inter voltou para o jogo e, alguns minutos após a substituição, Damião empatou a partida.


Foto: ClicEsportes
O Grêmio começou a jogar menos, permitindo que o Inter trocasse passes perto do gol, ERRO FATAL. Aos 45 minutos veio a paga pela péssima defesa que temos, de pé em pé na rente do gol de Victor, Andrézinho mandou a bola para dentro do gol gremista. Grêmio 1X2 Inter.


Segundo tempo

O Internacional voltou melhor, mas o Grêmio conseguia defender com mais qualidade se comparado com final do primeiro tempo de partida. Logo no início os colorados quase conseguiram o tão sonhado 3x1 com Andrézinho, depois foi a vez de Oscar levar perigo, mas sem gols.

Foto: ClicEsportes
Aos 11 minutos Damião quase marcou o terceiro. Zé Roberto mandou boa bola para o garoto que mandou para fora, mas erros da nossa péssima defesa que já constatava que o gol colorado não tardava em chegar. Já que a defesa não ajudava o ataque poderia fazer sua parte né? Mas não fez também.

O Grêmio chegou ao ataque com Viçosa aos 13 minutos. Mário Fernandes mandou um ótimo cruzamento para o atacante que mandou para fora. O Tricolor começava a esboçar uma reação, mas mesmo se tivéssemos com um gol a mais o perigo seria constante, pois um gol colorado levaria a decisão para os pênaltis.

Foto: ClicEsportes
Quando o jogo estava parelho, com chances para ambos e domínio da defesa sobre o ataque, mais uma bobeira da defesa gremista. Zé Roberto entrou livre na área gremista e, como não tinha ninguém no apoio, Victor foi obrigado a cometer falta e, consequentemente, pênalti. na cobrança D'Alessandro converteu, resultado que dava o título aos vermelhos.

Com o revés, Renato se viu obrigado a mexer, foi quando entrou Borges e Lins no lugar de Leandro e Viçosa. A modificação fez gol. Aos 35 minutos Borges tirou a bola em uma lambança da defesa colorada (em especial Renan) e fez o segundo gremista, a decisão acabou nas penalidades.

Os GRANDES erros na escalação dos batedores gremistas deram o título ao Inter no Gauchão que o Grêmio perdeu, antes de tudo, para si mesmo.


Ficha técnica

Grêmio 2 X 3 Internacional
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data/Hora: 15/5/2011 às 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Leandro Vuaden
Auxiliares: Altemir Hausmann e Júlio Cesar dos Santos
Cartões amarelos: Juan, D'Alessandro, Zé Roberto, Guiñazu (INT); Vílson, Fábio Rochemback (GRE)
Cartões vermelhos: -
Gols: Lúcio, 15'/1ºT (1-0); Leandro Damião, 31'/1ºT (1-1), Andrezinho, 46'/1ºT (1-2), D'Alessandro, 29'/2ºT (1-3), Borges, 36'/2ºT (2-3)
GRÊMIO: Victor, Mário Fernandes, Vilson, Rodolfo e Gilson (William Magrão, 32'/2ºT); Fábio Rochemback, Adilson Lúcio e Douglas; Leandro (Lins, 31'/2ºT) e Júnior Viçosa (Borges,30'/2ºT) Técnico: Renato Gaúcho.
INTERNACIONAL: Renan, Bolivar, Índio, Juan (Zé Roberto, 28'/1ºT) e Nei; Bolatti, Guiñazu, Andrezinho (Oscar, 4'/2ºT), D'Alessandro e Kleber; Leandro Damião. Técnico: Falcão.


Resultado/ Próximo jogo

Com o resultado ficamos com o vice estadual em 2011. Agora nos resta o Brasileirão para não terminar mais um ano sem títulos de expressão, precisamos de reforços URGENTE, mas temos também o dever de manter elenco, que é muito qualificado.

Nossa estréia pelo Campeonato Brasileiro é dia 22 de maio, domingo, às 16h. A partida será no estádio Olímpico contra o Corinthians (vice-campeão gaúcho contra vice-campeão paulista).



Vídeo:

0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011