23/05/2011

BR'11: A pior estreia da história do Grêmio


Mais um fator negativo para o péssimo 2011 do Imortal, pela primeira vez na história do campeonato iniciamos a competição perdendo em casa, não bastasse à atuação empolgante do começo do jogo e a consequente decepção gremista do final da partida, iniciamos a competição perto da zona do rebaixamento.

Falta elenco, disse isso desde o início do ano, o que se comprovou. Nomes já estão sendo descobertos, nenhum muito empolgante, mas o certo é que, como diz o Renato, precisam vir para somar e não para ocupar lugar no banco.

Certo mesmo são Miralles e Gilberto Silva, já contratados. Especula-se Ibson e Anderson Polga, além do Tricolor já ter informado que busca um zagueiro (erro, pois é extremamente necessário DOIS). Pelo que já observei da atual gestão, será, no máximo, mais duas ou três contratações (para ficar no meio da tabela está mais do que bom).


Primeiro tempo

O Grêmio iniciou a partida dominando, com um bom público no estádio Olímpico a iniciativa foi toda do time da casa. Nos primeiros minutos o Corinthians não conseguiu tocar na bola, a marcação forte e a busca pelo ataque assustaram os paulistas nos primeiros minutos de jogo.

Foto: ClicEsportes
Aos 2 minutos o Imortal quase abriu o marcador. O goleiro corintiano Julio César tentou dominar a bola com os pés e Douglas quase conseguiu tirar a bola do adversário. No meio do primeiro tempo o meia mais uma vez assustou o goleiro rival, em uma cobrança de escanteio o Maestro Tricolor quase marcou gol olímpico aos 18 minutos.

Apesar da posse de bola e de um pequeno controle da partida o Grêmio já não era o mesmo do começo do jogo, muitos erros de passe e uma tarde infeliz do meio campo gaúcho prejudicavam a criação da equipe, enquanto os paulistas iam encontrando cada vez mais espaço.

Foto: ClicEsportes
O Tricolor teve grande chance com Leandro aos 29 minutos, o guri recebeu boa bola de Douglas e mandou para Viçosa que quase marcou um golaço, mas acabou o primeiro tempo com placar zerado e um sentimento de otimismo dos gremistas pela tímida imposição dos donos da casa.


Segundo tempo

Como na primeira etapa, o Grêmio pecava no meio, mas mantinha o jogo sob controle. De tanto rondar o ataque o Tricolor conseguiu a grande chance de abrir o marcador aos 10 minutos. Num contra-atraque relâmpago, Mário Fernandes mandou para Leandro dentro da área, o atacante foi derrubado na área, pênalti. Na cobrança, Douglas mandou sem chances para Júlio César. Grêmio 1X0 Corinthians.

Foto: ClicEsportes
Depois do gol o time apagou, os paulistas tiveram o controle da partida e os erros gremistas proporcionavam grandes chances para o empate. Aos 20 minutos os corintianos tinham o que comemorar; Lúcio fez falta desnecessária dentro da área e o juiz marcou penalidade, na cobrança de Chicão, Victor quase pegou. Grêmio 1X1 Corinthians.

Se já estava mal quando estava ganhando imagina empatando. A equipe de Renato morreu em campo e os jogadores do técnico Tite, mesmo com medo de tomar o segundo, conseguiam levar perigo contra o gol de Victor. Aos 27 minutos veio à virada, Liedson se aproveitou da inexperiência da defesa e marcou para os visitantes.

Foto: ClicEsportes
O Grêmio não conseguia nem TENTAR uma reação, faltava homem na frente (ainda querem vender Borges). Aos 38 minutos a última boa chance os gremistas com Douglas, o meia levantou boa bola na área e, no rebote, Escudero mandou para fora. Primeira derrota gremista já na primeira partida é triste.


FICHA TÉCNICA:
Grêmio 1X2 Corinthians

Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 22 de maio de 2011 (domingo)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Assistentes: Erich Bandeira (PE) e Carlos Berkenbrock (SC)
Cartões amarelos: Ramírez, Paulinho, Chicão e Jorge Henrique (Corinthians)
Gols: GRÊMIO: Douglas, aos 13 minutos do segundo tempo
CORINTHIANS: Chicão, aos 20, e Liedson, aos 27 minutos do segundo tempo

GRÊMIO: Victor; Mário Fernandes, Saimon, Rodolfo (Escudero) e Neuton; Rochemback, Adilson (Willian Magrão), Lúcio e Douglas; Leandro e Júnior Viçosa (Lins)
Técnico: Renato Gaúcho

CORINTHIANS: Júlio César; Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Ramírez (Moradei) e Morais (Danilo); Willian (Jorge Henrique) e Liedson
Técnico: Tite



Resultado/ Próximo jogo

Com a derrota estamos no meio da tabela (mais para baixo do que para cima), na 13ª colocação. Na liderança está o Flamengo, que venceu os reservas do Avaí (e ainda querem tirar onda) por 4X0.

Nossa próxima partida é fora de casa. O jogo será na Arena da Baixada no Paraná, contra o Patético Paranaense. O jogo será dia 29 de maio, às 16h, domingo.



Vídeo:


0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011