08/04/2011

LA'11: Atuação que surpreende e vaga garantida


Crescer quando é necessário, é isso que se espera de um clube do tamanho da grandeza do IMORTAL. Quem viu o Grêmio no jogo contra a equipe do Veranópolis no último final de semana e o Grêmio da noite passada se espanta com a diferença. Certo que o adversário não é nenhum gigante sul-americano, mas a vitória contra o Junior de Barranquilla marca a significativa melhora da equipe em comparação com os últimos confrontos.

Em um jogo com cara de Libertadores o Tricolor fez dois gols de centenas perdidos, sobre a equipe da Colômbia, carimbando assim seu passaporte para as oitavas-de-final da Copa. A princípio nosso próximo adversário nas oitavas será o Cerro Porteño, mas ainda falta uma rodada para as definições.



Primeiro tempo

Como costumava acontecer em 2010 o Grêmio iniciou a partida pressionando o adversário. Aos 2 minutos de partida entrou na área e foi derrubado, o juiz não marcou pênalti, mas deu escanteio. Na cobrança, Borges quase marcou para boa defesa do goleiro do Junior.

Foto: Wesley Santos/Pressdigital/Divulgação

Douglas, que foi um dos destaques da partida, estava em noite inspirada e deu muito trabalho para os colombianos. Aos 18 minutos foi a vez do Barranquilla tentar o ataque, Bacca tirou de Victor e, na hora da conclusão, Rodolfo afastou.

No meio do primeiro tempo o Grêmio quase abriu o marcador com Rochemback em uma cobrança de falta aos 28 minutos. Depois foi a vez de Borges que mandou para boa defesa de Viera do Junior. Com a pressão imposta o Imortal chegou ao gol aos 33 minutos com Lúcio. Douglas deu para o meia tricolor que mandou um tiro cruzado para o fundo das redes. Grêmio 1X0 Junior.

Foto: Wesley Santos/Pressdigital/Divulgação

O gol acalmou os ânimos gremistas e obrigou aos colombianos sair para o ataque. Mesmo com a pressão adversária os tricolores conseguiram segurar o resultado antes de ir para o vestiário.



Segundo tempo

Novamente pressionando o Grêmio voltou e quase marcou já no inicio da segunda etapa. Rafa Marques cabeceou contra o goleiro colombiano que fez uma bela defesa logo nos primeiros lances de jogo. Aos 15 minutos o Junior não resistiu a pressão gremista e tomou o segundo. O Maestro Douglas cobrou escanteio e quase marcou gol olímpico no Olímpico (não resisti ao trocadilho), mas foi Borges que estufou a rede adversária. Grêmio 2X0 Junior.

Foto: AFP

Com a desvantagem o Tricolor Colombiano foi ao ataque. Aos 25 minutos Bacca deu para García que mandou para o gol gremista, em mais um momento de superação o goleiro Victor, que não havia jogado bem diante do Veranópolis, fez grande defesa. Logo depois mais Victor defendendo um chute de bicicleta.

Depois de alguns minutos de tensão o Grêmio voltou ao ataque, perdendo grande chance com Collaço (que como Douglas fez excelente partida). Apesar da superioridade, o resultado terminou só nos 2X0 e com a vaga nas oitavas-de-final garantida.


FICHA TÉCNICA
Grêmio 2 X 0 Junior de Barranquilla


Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 6 de abril de 2011, quinta-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Renda: R$ 759.906,50
Público: 31.800
Árbitro: Héctor Baldassi (Argentina)
Assistentes: Ricardo Casas e Diego Bonfa (ambos da Argentina)
Cartões amarelos: Fábio Rochemback, Borges, Rodolfo e Adilson (Grêmio); Otálvaro, Macía, Barahona e Romero (Junior)
Cartão vermelho: Romero (Junior)
GOL: GRÊMIO: Lúcio, aos 33 minutos do primeiro tempo; Borges, aos 15 minutos do segundo tempo;


GRÊMIO: Victor; Gabriel, Rafael Marques, Rodolfo e Bruno Collaço; Fábio Rochemback (Vinícius Pacheco), Adilson, Lúcio (Fernando) e Douglas; Escudero (Diego Clementino) e Borges
Técnico: Renato Gaúcho

JUNIOR: Mario Viera; Sergio Otálvaro, Anselmo Almeida, Harold Macías (Jose Amaya) e Fawcett; Braynner García, Julian Barahona, Giovanni Hernández (Victor Cortés) e Jose Romero; Carlos Bacca (Wainer Caneda) e Juan Valencia
Técnico: Oscar Quintabani




Resultado/ Próximo jogo

Com a grande vitória asseguramos à vaga a próxima fase da competição. Estamos com 10 pontos, dois a menos que o Junior de Barranquilla. Para terminar esta fase em 1º a equipe da Colômbia não pode vencer sua partida contra o León e o Imortal precisa ganhar do Oriente Petrolero na Bolívia.

Nossa próxima partida é pelo Gauchão. O combate é contra o Santa Cruz, no estádio dos Plátanos em Santa Cruz do Sul. O jogo será dia 10 de abril, às 16h, domingo.

Pela Libertadores voltamos a campo dia 14 de abril, nosso adversário será o Oriente Petrolero no estádio Ramón Tahuichi Aguilera na Bolívia. O jogo será às 22h45 minutos, quinta-feira.



Vídeo:

0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011