24/04/2011

GAUCHÃO'11: A espera de um Gre-Nal


Com a empolgante vitória sobre o Cruzeiro nesse último sábado o Grêmio está garantido na final da Taça Farroupilha para disputar o título contra o Internacional. O futebol diante do forte Zerinho que já havia vencido a Dupla da Capital demonstra melhoras se comparado aos resultados anteriores, mesmo assim agora estamos estrondosamente desfalcados com as lesões de Victor e Lúcio, sendo o primeiro com afastamento por um mês e o segundo por 15 dias.


Primeiro tempo

O Grêmio começou o jogo mandando. Apesar da boa movimentação e do perigo para os cruzeiristas os tricolores pecavam na última bola. Até os 15 minutos era os visitantes que ditavam o ritmo da partida, mas aos poucos o Cruzeiro começou a se encontrar em campo e a levar perigo nos contra-atraques, principalmente com Jô.

Foto: Edu Andrade/Gazeta Press

No primeiro minuto Magrão arriscou contra o gol, mas Fábio defendeu firme. A resposta do time da casa veio aos 23 minutos, Leo Maringá lançou para Diego Torres que pegou de mal jeito, mandando a bola para fora, chance perdida.

Apesar da boa movimentação, o jogo teve um primeiro tempo truncado, tanto que depois do lance de Magrão nossa próxima chance só veio com Adilson em uma bola que bateu na trave no meio da primeira etapa. Aos 34 minutos a má noticia, em uma dividida Victor se machucou e agora fica 15 dias se tratando e outros 15 se recuperando.

Foto: www.gremio.net
Mesmo sem Victor, foi o Grêmio que abriu o marcador. Aos 41 minutos o prodígio Leandro recebeu de Borges pela esquerda, se livrou da marcação e estufou a rede. O gol atordoou os cruzeiristas que continuaram sofrendo pressão até o fim da etapa inicial.


Segundo tempo

Com o mal resultado e atuação da primeira etapa o Cruzeiro voltou forte para o jogo. Logo no primeiro lance perto da área gremista foi marcado a primeira falta, na cobrança Márcio mandou para Claudinho marcar de cabeça (mais um). Ênfase para a atitude IDIOTA de alguns torcedores gremistas que cuspiram nos jogadores do Cruzeiro (ignorância é foda!).

Foto: Edu Andrade/Gazeta Press
Aos 3 minutos Borges cabeceou para fora (mais uma perdida pelo centroavante). Quatro minutos depois o Grêmio passou a ter vantagem novamente, Magrão mandou um chutão de fora da área e a bola parou no fundo do gol. Grêmio 2X1 Cruzeiro.

Lance polêmico e prejuízo gremista em um erro do juiz. Aos 9 minutos Borges foi derrubado na área e o árbitro mandou seguir o jogo. Cinco minutos depois o Cruzeiro empatou de novo, Leo Maringá recebeu de Márcio e deixou tudo igual.

Foto: Edu Andrade/Gazeta Press

O jogo começou a ficar tenso. Apesar da iniciativa tricolor os mandantes seguravam o ímpeto adversário e eram perigosos. Aos 30 minutos porém não teve o que ser feito, Rochemback mandou nos pés de Rafa Marques que se redimiu dos erros defensivos anteriores com um gol. Grêmio 3X2 Cruzeiro.

Depois do gol o Cruzeiro não teve forças para buscar o resultado e as melhores chances continuram sendo do Imortal. Só para não passar em branco, quando é que o Carlos Alberto vai parar de falar e vai FAZER alguma coisa em campo?



FICHA TÉCNICA
Cruzeiro 2 x 3 Grêmio

Local: Estádio Passo da Areia, em Porto Alegre (RS)
Data: 23 de abril de 2011, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Vinícius Costa da Costa
Assistentes: Júlio Cesar Rodrigues dos Santos e Alexandre Antônio Prunelli Kleiniche

Cartões amarelos: Alberto, Márcio (Cruzeiro)
Cartão vermelho: Alberto (Cruzeiro)
GOLS: GRÊMIO: Leandro, aos 41 minutos do primeiro tempo, Willian Magrão, aos 6 minutos do segundo tempo, e Rafael Marques, aos 29 minutos do segundo tempo
CRUZEIRO: Claudinho, a 1 minuto do segundo tempo, e Léo Maringá, aos 17 minutos do segundo tempo

CRUZEIRO: Fabio; Marcio, Claudio, Tinga e Sandro; Alberto, Almir, Leo Maringá e Diego Torres; Jo e Mauro.
Técnico: Leocir Dall'Astra

GRÊMIO: Victor (Marcelo Grohe); Gabriel, Rafael Marques, Rodolfo e Lúcio; Fábio Rochemback, Adilson, Willian Magrão e Douglas; Leandro e Borges (Carlos Alberto).
Técnico: Renato Gaúcho



Resultado/ Próximo jogo

Com a vitória estamos na final da Taça Farroupilha. Com um trunfo sobre o Internacional seremos os campeões gaúchos antecipados. A princípio, o jogo será domingo, dia 1º de maio, às 16h no estádio Beira-Rio, mas devido ao jogo do Imortal pela Libertadores, terça-feira, pode haver mudanças.

Pela Libertadores jogamos dia 26 de abril, terça, às 19h30min, no estádio Olímpico. Nosso adversário será o Universidad Católica do Chile pelas oitavas-de-final da Copa.



Vídeo:

0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011