03/02/2011

LA'11: Sufoco, garra e classificação



Como toda boa Libertadores, o Grêmio se classificou em sua primeira Pré-Libertadores aplicando 3X1 na equipe uruguaia do Liverpool com muita garra e superação. A equipe castelhana, como de praxe, jogou como se fosse pela vida e honrou a tradição das equipes celestes muito bem.

A equipe de Portaluppi estava muito descaracterizada para o confronto, a falta de Jonas é sentida pelo fraco desempenho de seus substitutos, Diego Clementino e Junior Viçosa, que não tem, ainda, a qualidade necessária para desempenhar a titularidade na equipe. O meio precisa de reforço e o ataque de um atacante com as características do ex-mestre gremista.


Primeiro tempo

O Grêmio iniciou o jogo nervoso, a equipe errava muitos passes e o adversário pecava na falta de qualidade, bom para nós. A verdade é que se fosse uma equipe como o Tolima, que eliminou o Corinthians, não teríamos passado certamente.

Aos 16min o Grêmio teve uma incrível chance de abrir o placar, Lúcio mandou uma bola perfeita para André Lima que mandou a bola para fora sem goleiro, gol inacreditável perdido. Logo após o lance o Tricolor teve mais uma oportunidade com Douglas que passou por três marcadores e finalizou para a defesa do goleiro uruguaio.

Foto: EFE
Aos 34min o Liverpool encontrou a fraqueza gremista, a defesa. Em cobrança adversária Alfaro superou Paulão, que não faz um bom ano, e mandou para o gol. Começamos atrás no marcador com mais um erro da defesa que em 2011 está preocupante.

Renato Portaluppi resolveu arriscar com mais ofensividade, retirou Adilson e colocou Vinícius Pacheco, foi o início da reação gremista no jogo. Com o jogador vindo do Flamengo o Grêmio começou a pressionar o adversário mantendo a bola no campo de ataque. Em uma cobrança de falta de Rochemback, André Lima mandou para o fundo do gol, empatado a partida.

Foto: EFE
 
A equipe uruguaia tentou novamente o ataque, já que o resultado significava eliminação. Nos minutos finais os castelhanos mandaram uma bola na trave e tiveram mais algumas oportunidades, mas o resultado foi assegurado pelos guerreiros tricolores.


Segundo tempo

As equipes iniciaram a segunda etapa ofensivas, todo ataque proporcionava contra-ataque. Aos 10min o jogador da equipe uruguaia foi expulso por uma falta dura em André Lima, foi o começo do fim da partida para o Liverpool.

Brilhou mais uma vez a estrela de Renato, Vinícius Pacheco, que foi o motivo do UP que proporcionou o empate na primeira etapa recebeu uma bola de Rochemback aos 12min e estufou a rede, vira-vira no Olímpico. Depois do gol o Grêmio mandou uma bola na trave com Douglas.

Foto: EFE
 
Vinicius Pacheco se destacou mais uma vez no jogo aos 29min. O jogador recebeu de fora da área e mandou para o fundo do gol, 3X1. Com o jogo liquidado os uruguaios preservaram-se na defesa em uma estréia que foi boa para um time iniciante em Libertadores.


Resultado/ Próximo jogo

Com o resultado estamos na fase de grupo da Copa Libertadores. Estamos no Grupo 2 com Oriente Petrolero, León de Huánuco e Junior Barranquilla, um grupo teoricamente fácil. Nosso primeiro jogo será contra o Oriente no estádio Olímpico dia 17/02 às 19h45min.


Vídeo:



0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011