18/02/2011

LA'11: Goleada abre a participação na Libertadores



Quem observa o resultado obtido pela equipe acredita que foi fácil, mas a verdade é que penamos no primeiro tempo e só desencantamos no segundo. A atuação diante do time Boliviano do Oriente Petrolero não agradou, pois hoje é um pequeno clube de uma das piores escolas de futebol da América do Sul, amanhã pode ser o Cruzeiro que fez 5X0 no Estudiantes de La Plata. É hora de rever os conceitos e analisar se ainda não estamos precisando de mais um ou dois reforços.


Primeiro tempo

O Grêmio iniciou a partida com o esquema semelhante à derrota para o Novo Hamburgo no Campeonato Gaúcho. A idéia de ofensividade máxima proporcionou aos bolivianos boas possibilidades de ataque, desperdiçadas pelo baixo nível técnico de seus jogadores, dado que a defesa, nesse esquema, não tem condições de segurar o ímpeto de adversários que, sendo um pouco melhores, poderiam dilatar o placar em alguns minutos.

O desequilíbrio do time foi “tapado com a peneira” pela qualidade do outro lado. Desde o princípio da partida os bolivianos mantinham a bola no ataque, mas paravam na defesa gremista.

Foto: EFE
Aos 12 minutos o Grêmio chegou pela primeira vez à frente com qualidade. Douglas, que fez uma ótima partida com Carlos Alberto, recebeu rente a área e mandou para o gol do Oriente, mas o goleiro boliviano conseguiu fazer a intervenção. Logo depois mais Tricolor, desta vez Carlos Alberto recebeu de Douglas, fugiu da marcação e chutou para mais uma defesa do goleiro Suárez.

O Imortal conseguia aos poucos se sobrepor na qualidade de seus jogadores, mas a rede balançando só aconteceu aos 16 minutos de partida. Apesar do gol a arbitragem anulou o lance, pois no momento em que Borges recebia o passe a bola raspou na mão do centro-avante.

Foto: EFE

Apesar de crescer no ataque a defesa continuava sofrendo as constantes investidas do time boliviano. Alguns minutos após o gol anulado o Oriente Petrolero quase marcou com Arce que mandou a bola para o gol, mas Victor defendeu aquilo que seria um gol de gaveta dos visitantes.

De tanto atacar o Grêmio conseguiu o resultado aos 42 minutos. Em uma das várias investidas do Tricolor foi marcado uma mão na bola de Camaño. Na cobrança Douglas mandou para as redes. Grêmio 1X0 Oriente Petrolero e fim do primeiro tempo.


Segundo tempo

Na segunda etapa o Grêmio voltou bem melhor, inclusive marcando seu segundo gol. Aos 3 minutos da segunda etapa, Gilson jogou a bola para dentro da área, Borges recebeu, girou e mandou para a defesa do goleiro boliviano que deixou escapar e Gilson concluir. Grêmio 2X0 Oriente Petrolero.

Foto: Reuters
Depois do segundo gol relâmpago o Imortal foi para cima. Poucos minutos depois e já tínhamos várias chances de ampliar. A primeira foi com Gabriel que mandou para fora, André Lima também tentou, mas a defesa afastou o perigo.

Durante a partida que era toda do Grêmio, o meia Douglas cometeu um erro que deixou os bolivianos com chances de gol, mal Renato teve tempo de dar a bronca no maestro que já guardou o terceiro. Grêmio 3X0 Oriente Petrolero.

Foto: EFE

Depois do terceiro Portaluppi fez substituições defensivas e segurou com tranquilidade o resultado. Ainda com chances de ampliar no último lance, Gilson concluiu para defesa do goleiro boliviano no minuto final.


Resultado/ Próximo jogo

Com a vitória largamos na liderança do Grupo 2, com 3 pontos (mesma pontuação do Junior, que superamos pelo saldo de gols). A liderança geral está com o Cruzeiro, que fez 5X0 no Estudiantes.

Nosso próximo jogo é pelo Gauchão. A partida válida pelas quartas-de-final entre Grêmio e Cruzeiro de Porto Alegre será disputada no próximo domingo, dia 20/02, às 16h, no estádio Olímpico Monumental.

Pela Libertadores nosso próximo combate é no estádio Metropolitano Roberto Meléndez , na Colômbia, contra o Junior de Barranquilla. A partida será dia 24/02, às 23h45mim, quinta-feira.



Vídeo:


0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011