14/02/2011

GAUCHÃO'11: Pensando na Libertadores


Neste domingo o Grêmio finalizou sua participação na primeira fase da Copa Piratini com uma derrota. Jogando no estádio do Vale em Novo Hamburgo, a equipe gremista perdeu sua invencibilidade de 15 jogos, mas manteve a melhor campanha da primeira fase.

A péssima atuação do zagueiro Paulão, que não serve nem de longe para ser o titular de um clube do tamanho do Grêmio, foi decisiva nos gols tomados pela equipe. Já o poder de reação não veio com a infeliz experiência de André Lima e Borges no ataque, quem sabe desencantem, mas prefiro que a direção se empenhe em contratar alguém com as características de Jonas.


Primeiro tempo

O Grêmio iniciou a primeira etapa tomando a iniciativa do ataque, Carlos Alberto foi um dos destaques do início da partida, mas a falta de ritmo e entrosamento com a equipe foi o grande problema para o jogador que não conseguiu fazer uma atuação do nível de seu potencial.


Foto: Lucas Uebel/Preview.com/Gazeta Press

Logo aos 5 minutos, Carlos Alberto cobrou uma falta que passou próxima ao gol do Novo Hamburgo. Aliás, o goleirão anilado, Eduardo Martini, não levava gols a quatro jogos, grande marca do goleiro que recém havia estreado na equipe do Vale dos Sinos.

Depois de um começo superior o Tricolor começou a perder campo para os donos da casa. Aos 11 minutos Juba do Nóia mandou a bola direto para o gol de Victor que vez a defesa. Na reposição de bola do goleiro gremista o Imortal teve boa chance com Borges que mandou para fora.


Foto: Roberto Vinícius/Gazeta Press

No meio do primeiro tempo o Grêmio voltou a se sobrepor e produziu várias chances, parando na defesa do goleirão do Anilado. Apesar de sentir um pouco, o Novo Hamburgo saía para o ataque em busca do gol, já que além da vitória o jogo valia a taça dos 100 anos do clube, mas o jogo acabou sem gols no bom primeiro tempo do Estádio do Vale.


Segundo tempo

Na segunda etapa o Novo Hamburgo iniciou bem melhor após a conversa no vestiário e a substituição de Edinho por Fabinho. O ataque anilado se sobrepôs sem dificuldades ao fraquíssimo zagueiro Paulão (se é isso que teremos na Libertadores vamos começar a torcer por uma classificação na La12).

Aos 12 minutos aquilo que já se prenunciava desde o início do jogo, Paulão cometeu uma falta que resultou no pênalti para os donos da casa, na cobrança Victor foi para um lado e o cobrador mandou no meio. Novo Hamburgo 1X0 Grêmio.


Foto: Roberto Vinícius/Gazeta Press

O gol adversário apagou o Tricolor de vez no jogo. A pressão do Nóia em busca da confirmação da vitória surtiu efeito logo 3 minutos depois em mais uma falha da defesa (pelo lado de Paulão). Rodrigo Mendes pegou o rebote de uma finalização de Márcio Hahn e mandou forte para o gol. Novo Hamburgo 2X0 Grêmio.

Foto: Roberto Vinícius/Gazeta Press

No meio do segundo tempo Portaluppi fez uma substituição tirando Rafael Marques e colocando Maylson, o meia gremista entrou e criou as primeiras boas chances da segunda etapa, que foram perdidas pelo desentrosado ataque tricolor.

Apesar de melhorar faltou vontade a equipe que saíu com a primeira derrota de 2011 e os olhos voltados para a Libertadores da América. Antes de pensar no continente dever-se-ia olhar um pouco para a nossa zaga,antes que chegue a fase de mata-mata e seja tarde demais.


Resultado/ Próximo jogo

Com a derrota continuamos sendo o líder na classificação geral do Gaúchão. Agora estamos nas quartas-de-final da competição, qualquer derrota tira o Grêmio da Taça Piratini.

Nosso próximo jogo no estadual será contra o Ypiranga de Erechim no estádio Olímpico Monumental. A partida será realizada domingo, dia 20/02 às 16h.

Antes da partida do Gauchão temos o primeiro jogo pela Copa Libertadores contra o Oriente Petrolero. O jogo será no estádio Olímpico, dia 17/02, às 19h45min da próxima quinta-feira.



Vídeo:

0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011