27/01/2010

GAUCHÃO'10: Virada nos Plátanos


O ataque do Grêmio está impossível, mais uma vez a defesa deixou a desejar e lá na frente o time conseguiu resolver. Jonas está em uma fase brilhante e Borges segue o mesmo caminho, a vitória de hoje somente consolida um jogador que a tempos vem pedindo passagem.

Ganhar o Gaúchão pode não ser grande coisa, mas perde-lo é algo terrível, estamos nos mantendo bem na competição, invictos e ganhando, apesar das dificuldades. Aparece então a diferença entre a escola Silas e o futebol gremista, vamos ver quem irá de se adaptar.


Primeiro tempo

O Grêmio jogou com time misto nessa quarta, poupando jogadores para o Clássico Gre-Nal. Apesar dos desfalques e de jogar fora foi do Tricolor as primeiras chances de jogo, aos 5 minutos Borges chutou a bola na trave, no rebote Maylson tentou, mas mandou para fora.

Foto: Jefferson Botega
Não demorou muito para a retranca se espalhar, os visitantes tentando segurar um pouco  ímpeto dos jogos passados para não começar perdendo e os donos da casa seguindo a velha filosofia gaúcha do interior, retranca e contra-ataque.

Mesmo evitando deixar a defesa desprotegida, o Grêmio se arriscava em alguns lances. Em um deles, aos 23 minutos, Evilásio acertou um belo chute da entrada da área direto para o gol de Victor, não foi falha, mas qualidade.

Foto: Jefferson Botega
O Imortal foi para cima em busca da igualdade, principalmente com Jonas, mas a bola não entrou. Maylson, que teve uma boa oportunidade, também não conseguiu abrir o placar para o time da capital.


Segundo tempo

Na segunda etapa o Tricolor voltou péssimo, antes ainda tentava o ataque em algumas jogadas perigosas, mas no retorno do vestiário parecia que só tinha volante em campo. O jogo ficou feio tanto para os gremistas quanto para os alvinegros.

Foto: Jefferson Botega
A primeira chance palpável só chegou aos 29 minutos, e foi do adversário, Murilo estava pronto para marcar o segundo, mas a bola bateu na trave de Victor. Precisando do resultado, o Grêmio precisou de Jonas e o atacante fez sua parte, deu um chapéu no alvinegro Vinícius e, sem deixar a redonda cair, bateu certeiro para empatar a partida.

Depois do empate o jogo esfriou, mas, antes do apito final, aos 46 minutos, Borges apareceu dentro da área, levou dois adversários e mandou uma bomba direto para as redes do Santa Cruz, virada espírita no estádio dos Plátanos.



Resultado/Próximo jogo

Com a vitória lideramos o Grupo 1 com 10 pontos, estamos invictos na competição e nos distanciamos do Novo Hamburgo.

Nossa próxima partida é dia 31 de janeiro, domingo. O jogo será em campo neutro, no estádio Colosso da Lagoa em Erechim, às 19h30min contra o rival Internacional. Gre-Nal!



FICHA TÉCNICA
SANTA CRUZ 1 X 2 GRÊMIO

Local: Estádio dos Platanos, em Santa Cruz do Sul (RS)
Data: 27 de janeiro de 2009, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Lima
Assistentes: José Franco Filho e Carlos Selbach
Cartões amarelos: Fabiano, Rigo, Breno, Evilásio, Vinícius, Cássio e Wiliam Paulista (SC); Ferdinando, Victor e Fernando (G)
Gols: SANTA CRUZ: Evilásio, aos 23 minutos do primeiro tempo;GRÊMIO: Jonas, aos 34, e Borges aos 45 minutos do segundo tempo;
SANTA CRUZ: Cássio; Simônio, Ronan (Vinícius) e Glauber; Fabiano, Breno, Éder Lazzari, Cleber Oliveira (Adilson), William Paulista e Rigo; Evilásio (Murilo)
Técnico: Tonho Gil
GRÊMIO: Victor, Mário Fernandes, Rafael Marques e Maurício; Joilson, Ferdinando, Fernando, Maylson (Mythyuê) e Fábio Santos (Lúcio); Jonas (Fábio Rochemback) e Borges
Técnico: Silas


Vídeo:



0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011