08/10/2011

BR'11: Desfalques derrotam o Grêmio em Curitiba

Mais uma derrota, uma derrota que interrompe a segunda sequência do Tricolor Gaúcho, desta vez pagamos pelo péssimo plantel do reservado que possuímos, três lesões de titulares e o time já fica completamente descaracterizado pela falta de banco, realmente uma situação patética de um clube do tamanho do Grêmio.

Primeiro tempo

Foto: Denis Ferreira Neto /Futura Press
O Grêmio tinha mais posse de bola, mas o Coritiba achava alguns espaços e tomava a iniciativa. No entanto, o Tricolor conseguia marcar bem e controlar o jogo. O time da casa arriscava mais, com Bill, Léo Gago e Tcheco, mas não acertava o alvo. Entre os ataques mal-sucedidos, o que terminou com a conclusão de Mário Fernandes, para fora, aos sete minutos, foi o mais perigoso. Rochemback fez um belo lançamento para a área, Diego Clementino dominou e rolou para o lateral tentar por cobertura.

Mas a melhor chance estava por vir, e desta vez com gol. Para a comemoração da torcida da casa, Léo Gago arriscou de longe e acertou a trave, no rebote ninguém da defesa gremista apareceu para afastar e Marcos Aurélio finalizou para abrir o placar, aos 14. O Grêmio, no entanto, não se abateu, na jogada logo após o gol, um bom ataque por pouco não gerou o empate. Julio Cesar fez grande jogada passando pelo marcador na esquerda, lançou Marquinhos, que conclui, mas a bola não entrou porque bateu em Jeci e desviou para a linha de fundo.

Aos 36, em uma boa falta assinalada a favor do Grêmio, Marquinhos colocou a bola na área e Gilberto Silva saltou mais alto que todo mundo para cabecear para fora. Três minutos depois, Fernando arriscou de fora da área, mas o chute saiu um pouco fraco e Vanderlei segurou. Do mesmo modo, de longe, Adilson tentou duas vezes: uma das finalizações saiu por cima do gol, e a outra foi fraca, para a defesa do goleiro. Nada mais no primeiro tempo preocupante.


Segundo tempo
 

Foto: Denis Ferreira Neto /Futura Press


Os primeiros cinco minutos foram todos do Coritiba. A cena não era nada boa para o Grêmio. Logo no início, Rafael Marques cortou de cabeça um levantamento para a área, e deu a bola nos pés de Everton. O jogador, porém, não aproveitou. Arriscou de fora da área, para fora. Aos quatro, Gilberto Silva, com um belo desarme, impediu que Marcos Aurélio fizesse seu segundo gol, o meia-atacante do Coritiba recebeu na frente do gol e, na hora da conclusão, o volante tricolor, improvisado na zaga, fez o corte.

O Grêmio se perdeu. Não conseguia mais encontrar um jeito de se aproximar da área adversária. A bola não passava mais por Marquinhos nem por Escudero no meio, e Mamute mal via a bola. Enquanto isso, o Coritiba trocava passes e ameaçava de vez em quando no ataque. A atuação sólida da defesa, com destaque para Gilberto Silva, era o que segurava o Tricolor.

Até que, finalmente, o Grêmio conseguiu passar com alguma qualidade a linha do meio-campo. Marquinhos fez jogada individual, carregando a bola até chegar perto da área. Arriscou dali, mas não acertou o gol. O lance foi isolado. O time da casa seguiu em cima do visitante.

Aos 25 minutos, Marcelo Oliveira decidiu mudar. Tirou um dos destaques da equipe e o autor do gol, Marcos Aurélio, para a entrada de Davi. Cinco minutos mais tarde, o Coritiba faria seu segundo gol. Em escanteio cobrado por Tcheco, Jeci subiu para acertar um cabeceio que Victor não conseguiu alcançar. Com o 2 a 0 no placar, o Coritiba matou o jogo, o Grêmio não esboçava uma reação, mesmo que, aos 31, um chute forte de Escudero após passe de calcanhar de Marquinhos tenha levado perigo a Vanderlei, que defendeu. O Grêmio tentou, mas saiu com mais uma derrota no campeonato.



FICHA TÉCNICA
CORITIBA 2 X 0 GRÊMIO

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 08 de outubro de 2011, sábado
Horário: 18 horas (de Brasília)
Público: 21.960 pessoas
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moises e Lucio da Silva de Mattos (ambos RJ)
Cartões amarelos: Jéci e Vanderlei (Coritiba), Fábio Rochemback (Grêmio);
GOLS:
CORITIBA: Marcos Aurélio, aos 14 minutos do primeiro tempo, e Jéci, aos 29 minutos do segundo tempo;

CORITIBA: Vanderlei; Jonas, Emerson, Jéci e Lucas Mendes; William (Leonardo), Léo Gago, Tcheco e Everton Costa (Anderson Aquino); Marcos Aurélio (Davi) e Bill
Técnico: Marcelo Oliveira

GRÊMIO: Victor; Mário Fernandes, Gilberto Silva, Rafael Marques e Julio Cesar; Fernando, Fábio Rochemback, Marquinhos (Willian Magrão), Escudero e Diego Clementino (Yuri Mamute); Brandão (Adilson)
Técnico: Celso Roth



Resultado\Próximo jogo

Com o resultado, o Grêmio cai para o 10º lugar, com 39 pontos. Temos a chance de iniciar outra boa sequência contra o Figueirense no Olímpico, dia 12 de setembro, as 16h.


Vídeo:


0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011