02/03/2011

Grêmio aceita ser coadjuvante



Agora é oficial, o Grêmio estudará em separado a proposta da CBF/Globo de ser um clube coadjuvante no futebol nacional contribuindo para o engrandecimento do Flamengo e Corinthians como as duas forças máximas do Brasil. É triste ver como está terminando essa história, pois é em momentos como este (muito mais do que em rebaixamentos) que eu INVEJO os colorados, com um trabalho profissional de seus dirigentes até então.

O Grêmio deveria ver, quem sabe, quanto o Flamengo e o Corinthians vão ganhar nessa maracutaia. Certo que se vier os 60 milhões previstos para nós a dupla do eixo receberá o dobro, será que daria para competir com eles ainda assim?

Não é possível que uma direção que eu tanto admiro, de um grupo político que eu apoio (em detrimento até do grupo do grande Koff) e de um presidente que eu tanto estimo venha uma decisão tão a curto prazo como essa. É triste.

Agora o que a torcida pode fazer é esperar por uma reviravolta e demonstrar sua insatisfação com a barbaridade que está sendo feita pela Globo/CBF. Se ocorrer como imagino não demorará muito para que Flamengo e Corinthians sejam os próximos Barcelona e Real Madri no futebol do Brasil.

Veja a declaração oficial do Grêmio:

"Diante da polêmica e do impasse criados nacionalmente em relação ao direito de televisionamento e uso das imagens dos clubes de futebol do brasileiro, o GRÊMIO vem comunicar que a sua decisão, tomada por unanimidade por seu Conselho de Administração, atendendo aos interesses do Clube, é de iniciar um processo de negociação diretamente com a Rede Globo de Televisão."


Mudando de assunto

Parece que Paulão vai deixar o Grêmio, que vá e nunca volte. Apesar de ter sido muito importante em 2010, quando o time estava bem, agora é uma dor de cabeça para o torcedor que entende o mínimo de futebol. A insatisfação que começou aos poucos por alguns torcedores, inclusive eu, foi criticada pela maioria da torcida do Imortal que aos poucos vai se dando conta que Paulão não tem futebol para vestir a camisa do Grêmio.

O que dá indícios da saída do zagueiro são as declarações de Portaluppi na terça-feira e a falta no treino em que deveria estar presente o jogador. Segundo Renato:

"Tem jogador que pensa que está vendido e não está mais com a cabeça do clube, e tem jogador que está vendido, mas quer jogar. Se por acaso alguma coisa acontecer com o Paulão, vou estar bem ligado. Mas o problema maior dele foi faltar o treino nesta terça."


Jogador de várzea que vá para o time da beira do lago Guaiba treinar no time B, aqui não basta ter raça, tem que ter QUALIDADE, e vice-versa.

0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011