14/11/2011

BR'11: Acabou o ano gremista

A Direção do Grêmio acusa, sua incompetência absoluta na gestão do Grêmio deixará marcas muito profundas na vida do clube, avisam quem vai embora, desmobilizando meio grupo (ocasionando inegavelmente o empate e quase derrota para o Palmeiras), esquecem que ainda poderiam lucrar com bilheteria ou com a venda de um desses jogadores em caso de boas atuações. A falta de "tato" para os negócios do clube será tratado em um post especifico neste blog, nos voltemos então para o jogo ontem no Olímpico.


Primeiro tempo

Foto: Ricardo Duarte\ZHEsportes
Quem acreditaria no Palmeiras? Talvez alguém inteligente o bastante (não é o meu caso) para observar o ato homicida da Direção gremista que já fez até "listinha" de despensas. Não bastasse o clube por si só carecer de bons jogadores nos mais diversos setores, o banho de água fria nas pretensões de alguns atletas afeita inegavelmente o psicológico dos jogadores, cada vez mais importante no mundo do futebol.

A "mãozinha" da diretoria surtiu efeito logo no início de jogo, o Palmeiras foi de pouco a pouco estabelecendo seu domínio, diferentemente dos gaúchos, os paulistas estavam mobilizados para a partida, era a chance de fugir do rebaixamento batendo a porta.

Com vontade, o Verdão atacou principalmente com Tinga, grande nome da primeira etapa. Com pouca qualidade quando completo, pior quando desfalcado, assim era o Tricolor quando perdia um de seus melhores jogadores, Escudero saiu lesionado, dando lugar ao limitadíssimo Brandão.

Foto: Ricardo Duarte\ZHEsportes
Os acontecimentos em campo prenunciavam um revés, não demorou muito para os temores virarem gol. Aos 26 minutos, depois de muito assustar, Tinga cruzou na cabeça de Ricardo Bueno, que empurrou a bola contra o gol gremista Victor até conseguiu fazer uma defesa brilhante, mas no rebote Cicinho estufou a rede. Grêmio 0x1 Palmeiras

O Grêmio apagou, não havia qualquer perspectiva de melhora, mesmo assim o técnico odonista para 2012 não mexeu no time, para ele tudo está bom, mesmo quando monta um time a sua imagem e semelhança. Pode trazer Kleber, Love, até Ganso, Messi ou Cristiano Ronaldo, mas com Juarez Roth não teremos nada além de quases.


Segundo tempo

Foto: Ricardo Duarte\ZHEsportes
Demorou mas saiu a substituição. Contrariando sua burrice, o técnico odonista retirou Adilson e colocou Leandro. Mal deu tempo de aplaudir a substituição inteligente e rara do Prof. Roth, aos 6 minutos Leandro já assustava o goleiro Palmeirense Deola.

Apesar de ter melhorado, o Grêmio não deixava de ser uma peneira na defesa, a consequência foi o segundo gol. Em uma falta cometida por Fábio Rochemback, Marcos Assunção fez o que sabe fazer melhor, gol com bola parada. A bola metida contra o gol de Victor bateu em um jogador gremista e ricocheteou para as redes, Victor de um lado, bola do outro.

Foto: Ricardo Duarte\ZHEsportes
Roth acertou (como é bom dizer isso). Aos 23 minutos, Leandro fez uma jogada de mestre, atacou pelo lado esquerdo do campo e cruzou para Brandão diminuir. Dalí em diante o Imortal pressionou, em boas jogadas quase conseguia o empate, mas o tempo passava e nada. A situação parecia irreversível, mas apenas parecia.

Aos 46, Fernando mostrou que sua imagem passada no começo do ano era equivocada, preciso, mandou um torpedo direto para o gol palmeirense, o Grêmio empatava um jogo quase perdido, infelizmente temos que fizer que o um ponto conquistado no Olímpico foi mais do que de bom tamanho.



FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 2 X 2 PALMEIRAS
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 13 de novembro de 2011, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Edivaldo Elias da Silva (PR)
Assistentes: Marco Antônio Martins (SC) e Gilson Bento Coutinho (PR)
Cartões amarelos: Fábio Rochemback, Júlio César, Leandro e Fernando (Grêmio). Tinga, Márcio Araújo, Ricardo Bueno, Gerley, Luan (Palmeiras)
Público: 12.193 pagantes
Renda: R$ 259.905,00
GOLS: GRÊMIO: Brandão, aos 23, e Fernando, aos 46 minutos do segundo tempo
PALMEIRAS: Cicinho, aos 25 minutos do primeiro tempo. Marcos Assunção, aos 14 minutos do segundo tempo.
GRÊMIO: Victor; Mário Fernandes, Gilberto Silva, Rafael Marques e Julio César; Fábio Rochemback (Gabriel), Fernando, Adilson (Leandro), Douglas e Escudero (Brandão); Miralles
Técnico: Celso Roth
PALMEIRAS: Deola; Cicinho, Leandro Amaro, Thiago Heleno e Gerley; Marcos Assunção, Márcio Araújo, Tinga, Patrik e Luan; Ricardo Bueno (Fernandão)
Técnico: Luiz Felipe Scolari



Resultado\Próximo jogo

Com o empate, o Grêmio chegou a 47 pontos na 11ª posição. Estamos a oito pontos da classificação para a Libertadores da América faltando quatro rodadas, ou seja, é praticamente inviável uma classificação, principalmente devido a grande atuação da Direção para isso.

Nosso próximo jogo é pedreira. Viajamos para o Rio de Janeiro, onde enfrentaremos o Fluminense no estádio Engenhão, o jogo será dia 16 de novembro, às 20h30min, quarta-feira.



Vídeo:

0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011