17/11/2011

BR'11: Bom jogo do coadjuvante da competição

Coadjuvantes, para alguns mais exaltados talvez até figurante, esse é o Grêmio no Brasileirão 2011. As apostas foram altas, este talvez tenha sido o erro, muitas apostas e poucas afirmações no elenco tricolor, mesmo assim conseguimos fazer, mesmo que perdendo, um grande jogo. Esperamos que em 2012 os grandes jogos sejam corriqueiros e que, no final, sejamos nós a comemorar, como verdadeiros protagonistas que somos.


Primeiro tempo

Foto: Dhavid Normando/Photocamera/Divulgação
O confronto no Rio de Janeiro começou com as equipes demonstrando comportamentos distintos. De um lado, o Fluminense nervoso, errando o último passe. De outro, o Grêmio, mais relaxado e esperando a hora certa para arriscar. E esse momento chegou aos 16 minutos quando Diego Cavalieri saiu de forma equivocada após cobrança de escanteio e permitiu que Rafael Marques cabeceasse tranquilamente para o gol: 1 a 0.

Três minutos depois, Leandro Euzébio aproveitou uma sobra na área gremista e soltou a bomba, mas acabou levando azar já que a bola explodiu no travessão do goleiro Victor. A tentativa do zagueiro foi apenas uma demonstração de que o Flu não havia sentido o gol do rival. E se a bola parada foi fatal para um lado, acabou sendo para o outro também. Aos 24, Marquinho cobrou falta cruzada e contou com o desvio de Fred, que mandou para as redes, deixando tudo igual: 1 a 1.

E se em desvantagem no placar o time de Abel Braga mostrou personalidade para reagir, quando conseguiu ficar em igualdade, pareceu ter apagado em campo. Como consequência, acabou sofrendo o segundo gol, aos 45, em uma bela cobrança de falta de Marquinhos, que já havia marcado duas vezes no jogo entre os Tricolores no primeiro turno.


Segundo tempo

Foto: Dhavid Normando/Photocamera/Divulgação
Na etapa complementar, o Fluminense voltou sem inspiração, mas ainda assim conseguiu um novo empate logo aos sete minutos. Depois de fazer muita falta na derrota para o América-MG, Deco fez excelente lançamento para Fred que dominou e bateu firme para fazer 2 a 2.

Igualdade refeita, o Tricolor das Laranjeiras partiu com tudo para a virada e conseguiu com o atacante Rafael Sobis, que pegou uma bola espirrada na entrada da área aos 16, tirou da marcação e soltou uma pancada que só parou no ângulo direito de Victor: 3 a 2. Com o Flu na frente, enganou-se quem pensou que a fatura estava liquidada. Em dois minutos, os gremistas conseguiram passar à frente no placar mais uma vez. Aos 29, Brandão fez de cabeça, e, aos 30, Adilson marcou um golaço de fora da área para assinalar 4 a 3.

Sem tempo para o torcedor respirar, aos 31, Carlinhos sofreu pênalti de Adilson. Na cobrança, Fred bateu e fez o seu terceiro: 4 a 4. Quatro minutos depois, o camisa 9 do Flu voltou a ser mortal ao aproveitar uma rebatida na área para mandar para o gol e conseguir a revirada dos cariocas no 5 a 4. Aos 50 minutos, Fred mandou uma bola no travessão, mas aí já seria demais.


FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 5 X 4 GRÊMIO
Local: Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 16 de novembro de 2011 (Quarta-feira)
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Francisco Carlos Nascimento (AL)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e José Amilton Pontarolo (PR)
Cartões amarelos: Matheus Carvalho (Fluminense); Marquinhos, Lúcio e Rafael Marques (Grêmio)
Cartão vermelho: Brandão (Grêmio)
GOLS: FLUMINENSE: Fred, aos 24min do primeiro tempo, 7, 33 e 35min do segundo tempo; Rafael Sóbis, aos 16min do segundo tempo
GRÊMIO: Rafael Marques, aos 16min do primeiro tempo; Marquinhos, aos 45min do primeiro tempo; Brandão, aos 29min do segundo tempo; Adílson, aos 30min do segundo tempo
FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Mariano, Leandro Euzébio, Elivélton e Carlinhos; Diguinho, Valencia, Marquinho (Matheus Carvalho) e Deco (Souza); Rafael Sóbis (Rafael Moura) e Fred
Técnico: Abel Braga
GRÊMIO: Victor; Mário Fernandes, Gilberto Silva (Saimon), Rafael Marques e Gabriel; Fernando, Adilson, Marquinhos (Leandro), Douglas e Lúcio (Miralles); Brandão
Técnico: Celso Roth

Resultado\ Próximo jogo

Depois de três viradas e nove gols, o Grêmio acabou derrotado e com 47 pontos na tabela. Nosso próximo jogo é contra o desesperado Ceará, em Porto Alegre. Já que não temos mais chances de nada, torço por uma derrota azul para que o Cruzeiro, sempre algoz gremista, seja um novo estreante na Série B.



Vídeo:



0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011