27/11/2011

BR'11: Pelo menos a vaga na Sul-Americana



Uma chance de título, essa é a única definição daquilo que se pode tirar de bom da vaga na Sul-Americana de 2012. A pretensão gremista tem de ser a Copa do Brasil, mas, no segundo semestre, a competição continental tem que ser ambicionada como o Vasco vem fazendo, mesmo com a disputa pelo título do Brasileirão.

O jogo foi sofrível, Victor falhou novamente, o hábito do arqueiro tricolor deveria ser contido com um período no banco, dando chances para o promissor Marcelo Grohe. O Gauchão, principalmente no seu início, seria um bom teste de novas opções para a goleira gaúcha, Victor já é ídolo, mas não é intocável.


Primeiro tempo

Foto: Jefferson Bernardes/Preview.com/Gazeta Press
Quem jogou mais foi o Grêmio. Buscando a afirmação na Sul-Americana, a equipe tricolor foi para cima dos visitantes, apesar do débil ataque, levamos perigo para a defesa adversária. O ímpeto gremista foi quebrado cedo, aos 24 minutos Anselmo recebeu dentro da área, desviou de Victor e fez o primeiro gol no Olímpico, começamos atrás no placar.

O gol foi o remédio para a motivação extra dos azuis. Escudero foi o destaque da pressão por duas vezes, primeiro chutou para fora e depois quase fez por cobertura, dois lances de perigo para os goianienses. O zagueiro Rafa Marques também tentou de cabeça, mas não levou.

Não faltava vontade de alguns, até Douglas jogou com um pouco mais de qualidade do que de costume. Se sobrava interesse de alguns, faltava qualidade do todo, a principal causa da derrota parcial no final da primeira etapa de jogo em casa.


Segundo tempo

Foto: Wesley Santos/Futura Press

Celso Roth modificou a equipe em busca do gol de empate, nada mais do que isso. O gol veio, aos 10 minutos de partida William Magrão recebeu pela direita e bateu cruzado no canto do goleiro Márcio, era o início da recuperação tricolor em campo.

Mal parava de balançar a rede e já fazíamos o segundo, aos 11 minutos André Lima mandou para Mário Fernandes, que chutou cruzando e Marquinhos completou com um carrinho para dentro do gol. Com um 2x1 a vaga estava mais que garantida, de quebra iríamos para o Gre-Nal com um pouco mais de moral para estragar a festa vermelha.

Como se já não estivesse recheado de volantes, Roth resolvei colocar mais. Tirou Marquinhos e colocou Adilson sob vaias. A alteração completamente equivocada teve seu preço, aos 38 minutos Anderson fazia o segundo dos visitantes, créditos ao técnico gremista.



GRÊMIO 2 x 2 ATLÉTICO-GO
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 27 de novembro de 2011, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Francisco Assis Almeida Filho (CE)
Assistentes: Arnaldo Rodrigues de Souza e Carolina Romanholi Melo (ambos do CE)
Cartão amarelo: Willian Magrão e Adilson (Grêmio); Joilson, Pituca, Bida e Vitor Júnior (Atlético-GO)

Gols: GRÊMIO: Willian Magrão aos dez minutos e Marquinhos aos 11 do segundo tempo
ATLÉTICO-GO: Anselmo aos 24 minutos do primeiro tempo e Anderson aos 38 da etapa final

GRÊMIO: Victor; Mário Fernandes, Saimon, Rafael Marques (Gabriel) e Julio Cesar; Willian Magrão, Vilson, Marquinhos (Adilson), Douglas e Escudero; André Lima
Técnico: Celso Roth

ATLÉTICO-GO: Márcio; Rafael Cruz, Gílson, Anderson e Thiago Feltri; Ernandes (Diogo Campos), Pituca, Joílson (Vitor Júnior) e Bida; Felipe (Juninho) e Anselmo
Técnico: Hélio dos Anjos




Resultado\ Próximo jogo

Com o empate chegamos a 48 pontos, na 12ª colocação, livres do rebaixamento e garantidos na Sul-Americana. Nosso próximo jogo é domingo, no Gre-Nal de encerramento do campeonato, que não vale nada para nós, mas a Libertadores para eles.




Vídeo:




0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011