12/09/2011

BR'11: Será que dá para sonhar mais alto?


Recheado de suspense e expectativa, o confronto no Olímpico era fundamental na busca da recuperação no Brasileirão, por sorte passamos com louvor no desafio. No primeiro tempo dominamos e no segundo, mais equilibrado, superamos o adversário, que não era qualquer um, mas sim um postulante ao título nacional. Agora fica a questão, podemos sonhar mais alto? Acredito que sim.

O Grêmio está em plena recuperação na competição, se conseguir uma vitória diante do Vasco fora de casa começa a se destacar no segundo turno. Estamos a poucos pontos do G4, mas, como ficou comprovado no ano passado, não basta apenas conquistar a vaga, tem que ter planejamento.


Primeiro tempo
Foto: Lucas Uebel\Vipcomm
O Grêmio começou melhor, com as laterais fulminantes, o São Paulo não conseguia segurar o ímpeto de Mário Fernandes pela direita e Julio César pela esquerda (grande contratação de Pelaipe). Na marcação e investidas também se destacou Fernando, estava deixando a desejar, mas melhorou e já é postulante a vaga no time titular.

Chegamos primeiro ao gol, aos 24 minutos André Lima recebeu ótimo cruzamento pela direita e só teve o trabalho de escorar para as redes. Infelizmente a arbitragem assinalou irregularidade, alegando que o centroavante estava em posição de impedimento, era a primeira chance clara de gol, convertida pelo Imortal, estava quase.


Foto: Mauro Vieira\ClicEsportes
Não demorou para os gaúchos terem a segunda chance, aos 29 minutos Marquinhos foi derrubado dentro da área, pênalti temerário, mesmo assim nada foi marcado. O pior do erro é insistir no equivoco, depois de ignorar a penalidade o juiz ainda amarelou o meia gremista, não foi a primeira vez que isso aconteceu, a alguns jogos atrás Mário Fernandes havia sofrido a mesma cena, com cartão amarelo e tudo.

As chances não pararam por ai, mesmo sem muitos espaços era o Grêmio que ditava o ritmo da partida, ao final do jogo muita reclamação por parte dos mandantes e a certeza de que se voltássemos com o mesmo pique, sairíamos com a vitória.


Segundo tempo

O São Paulo voltou melhor, ai foi a vez do goleirão Victor demonstrar que voltou a sua melhor fase. Aos 4 minutos Dagoberto, algoz gremista, quase marcou, mas a muralha azul espalmou com precisão. Era o Grêmio consistente, aquele time que Celso Roth sempre consegue fazer no início de seus trabalhos, pena que não dura por muito tempo.

Foto: Mauro Vieira\ClicEsportes
Aos 19 quase gol do São Paulo. Casemiro mandou a bola para as redes, mas o arbitro Heber Roberto Lopes assinalou falta no volante Adilson na jogada que originou o lance, se redimia o carioca da burrada feita no primeiro tempo, ou melhor, apenas cumpria seu dever.

O Grêmio sentiu o medo da derrota e foi para cima, foi então que Julio Cesar fez uma jogada primorosa, foi ao fundo do campo e cruzou com perfeição para Douglas que completou para as redes de Rogério Ceni. Depois do gol mandante, os visitantes ensaiaram a pressão, foi assim até o final do jogo, com o Grêmio aguerrido mantendo o ótimo resultado e uma bela sequência de vitórias.



FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 1 X 0 SÃO PAULO

Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 11 de setembro de 2011, domingo
Horário: 18 horas (de Brasília)
Renda: R$ 561.727,50
Público: 30.078
Árbitro: Héber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Bruno Boschilia (PR)
Cartões amarelos: Marquinhos, Saimon, Julio Cesar, Douglas e Edcarlos (Grêmio); Juan, Casemiro e Dagoberto (São Paulo);
GOL: Douglas, aos 19 minutos do segundo tempo;
GRÊMIO: Victor; Mário Fernandes, Saimon, Edcarlos e Julio Cesar; Fernando, Adilson, Marquinhos (Miralles), Douglas e Escudero; André Lima (Brandão)
Técnico: Celso Roth
SÃO PAULO: Rogério Ceni; Piris, João Filipe, Rhodolfo e Juan; Wellington, Casemiro (Jean), Carlinhos Paraíba e Cícero (Willian); Lucas e Dagoberto (Rivaldo)
Técnico: Adilson Batista



Resultado\Próximo jogo

Com a terceira vitória chegamos na 12ª posição com 30 pontos. Estamos nos distanciando da zona de rebaixamento, com 6 pontos de vantagem. Da Libertadores estamos com 7 a menos e 13 pontos nos separam da liderança da competição.

Nosso próximo jogo é pedreira. O duelo é contra o Vasco no estádio São Januário, a partida será dia 17 de setembro, às 18h.


Vídeo:


0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011