09/08/2010

BR'10: Momento de recomeçar


É momento de recomeçar, com esse lema inicia a semana gremista em Porto Alegre, após a dura derrota diante do Fluminense no Olímpico nesse domingo alguns caíram e outros têm o dever de acertar. Silas, que não é um profissional com mentalidade nem experiência para o Grêmio e o traste do Meira estão fora do clube, antes tarde do que nunca, ainda dá tempo de se salvar.


Primeiro tempo

O Grêmio iniciou o jogo como todos NÃO esperávamos acoado na defesa, mesmo com o clube encontrando-se na zona de rebaixamento, o Fluminense é que, desde o início, mostrou que estava aqui para vencer e convencer.

Já no primeiro lance os cariocas eram os protagonistas enquanto a defesa vergonhosa brincava de jogar tudo, menos futebol. Jogo estava péssimo, só os cariocas atacavam, e o resultado veio aos 16 minutos. Em uma cobrança de falta próximo da área (das muitas que o Grêmio comete neste local) Mariano chutou contra o gol gremista e, no desvio de Rafa Marques, Marcelo Grohe não achou e a bola entrou.
 
Foto: Terra Esportes
Aos 18 minutos em OUTRA falta de atenção, qualidade, determinação, respeito, responsabilidade, profissionalidade, amor a camisa e sei lá mais o que, a defesa do Grêmio deixou Emerson desfilar andar praticamente livre até o gol do Imortal e marcar mais um. Um gol já era uma catástrofe, mas o que seria dois então?

Aos 32 (depois de uma longa troca de passes e roubadas de bola despretensiosas) o Grêmio quase (palavra que nos persegue a algum tempo) marcou. Fábio Santos chutou cruzado, mas na rede pelo lado de fora. Maylson (incansável Maylson!) quase fez um em um chutão diagonal e André Lima, no fim do segundo tempo, quase marcou, mas o goleiro Fernando Henrique defendeu.


Segundo tempo

No segundo tempo o técnico melhorou a equipe. Colocou o Souza e pôs a equipe no ataque. O resultado foi notado logo no primeiro lance quando André Lima quase marcou de cabeça após o cruzamento de William Magrão.

Foto: Terra Esportes
 O Flu teve Fernando Bob expulso aos 16 minutos após uma falta em Souza, mas isso não significou qmudança na postura, nem em uma superioridade gaúcha. Para quem achou que o Jonas perdeu um gol incrível conta o Boyacá Chicó na Libertadores de 2009 e viu André Lima aos 36 minutos no jogo de domingo deve ter lembrado da cena do ano passado. O jogador gremista perdeu um gol feito e SEM GOLEIRO.

Só aos 43 minutos o Grêmio conseguiu fazer algo realmente bom no jogo, foi o gol. André Lima, que havia perdido outro gol, girou e chutou para as redes. Aos quarenta e poucos minutos nada podia ser feito mais. Vitória do Fluminense sobre o Grêmio por 2X1, dentro de casa, de forma vergonhosa.


FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 1X2 FLUMINENSE
Data:
8/8/2010, domingo
Local: estádio Olímpico , em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Carlos Berkenbrock (SC) e Marrubson Melo Freitas (DF).
Público: 12. 001 presentes
Renda: R$184.480,00
Cartões amarelos: Fernando Silva (FLU), André Luís (FLU), Gum (FLU), Fernando Henrique (FLU),  Maylson (GRE), Rodrigo (GRE), Roberson (GRE)
Cartões vermelhos: Fernando Silva (FLU)
Gols: André Lima (contra), para o Fluminense, aos 16 minutos do primeiro tempo; Emerson, do Fluminense, aos 18 minutos do primeiro tempo; André Lima, do Grêmio, aos 43 minutos do segundo tempo;
GRÊMIO Marcelo Grohe; Willian Magrão, Rodrigo e Rafael Marques; Maylson, Adílson, (Souza) Ferdinando, Douglas e Fábio Santos; Roberson e André Lima.
Técnico: Silas
FLUMINENSE Fernando Henrique; Leandro Euzébio, Gum e André Luis; Mariano, Diguinho, Fernando Silva, Conca (Willians) e Julio Cesar; Emerson (Rodriguinho) (Marquinho) e Washington.
Técnico: Muricy Ramalho



Próximo Jogo

No próximo jogo o Grêmio enfrenta o Goiás na partida de volta da Copa Sul-Americana. O tricolor pode empatar em 0X0 ou vencer por qualquer placar para se classificar, 1X1 leva o jogo para os pênaltis. Paulo Paixão e Antônio serão os responsáveis por organizar o time.

 
 
Vídeo:

0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011