30/08/2010

BR'10: Domínio, superioridade, mas vitória que é bom... Nada!



Ontem o Grêmio visitou o fraco Atlético Paranaense no estádio Arena da Baixada em Curitiba, mas quem parecia estar em casa era o Tricolor. Mesmo com atuação empolgante, não conseguimos vencer a equipe de Curitiba, nos resta comemorar o 1 ponto ganho fora de casa.


Primeiro tempo

O Grêmio iniciou forte na marcação e o Atlético não ficou atrás. As solidas defesas truncaram o jogo e só aos 17 minutos um goleiro foi obrigado a trabalhar, pois Maikon Leite chutou contra o gol gremista, mas Victor estava lá para defender.  O Grêmio só respondeu 10 minutos depois, foi Jonas, que finalizou para boa defesa do arqueiro atleticano Neto.
Foto: Terra Esportes
Aos 35 munutos, após uma bobeada de Vilson, o Atlético marcou com Maikon Leite (destaque rubro-negro) que invadiu a área driblou Victor e estufou a rede para o Furacão. Logo após o gol, o Atlético quase ampliou duas vezes com Branquinho, mas São Victor defendeu.

Até o fim do primeiro tempo o Grêmio não conseguiu mais jogar e quem mais trabalhou foi o nosso goleiro, a proposta de jogo defensiva, de ambos os lados, foi a principal vilã contra uma reação visitante, quem fez o gol foi, sobretudo, competente.


Segundo tempo

No segundo tempo Renato Gaúcho tirou Gilson (que estava MUITO mal na partida) e colocou Adilson. A troca deu certo e o Grêmio voltou com tudo no segundo tempo. Logo no início da etapa complementar, em escanteio cobrado da esquerda, Jonas mandou para Borges que cabeceou para dentro do gol, mas o árbitro anulou o lance alegando impedimento.
Foto: Terra Esportes
Aos 14 minutos o Atlético não aguentou a pressão e Vilson, após um cruzamento de Leandro (que entrou muito bem no jogo), mandou para o fundo do gol. Depois do empate aí sim que o Grêmio pressionou como nunca e, aos 23 minutos, Borges chutou da entrada da área e a bola bateu na trave paranaense.

Após os 23 minutos, nenhum lance realmente grandioso merece destaque, que só não foi ganhou devido a extrema má fase de Douglas e Souza que esta contaminando o Clube inteiro. O empate não seria ruim se não estivéssemos a quase um campeonato e meio sem vencer duas partidas fora de casa, se não estivéssemos no rebaixamento e se não tivéssemos perdido várias partidas em casa e empatado outras tantas.



FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 1 x 1 GRÊMIO

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 29 de agosto de 2010, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Renda: R$ 305.380,00
Público: 20.009 espectadores
Árbitro: Djalma José Beltrami Teixeira (RJ)
Assistentes: Katiuscia Mayer Berger Mendonça (Fifa-ES) e Lilian da Silva Fernandes Bruno (RJ)
Cartão amarelo: Olberdam, Paulinho e Manoel (Atlético-PR); Gílson, Gabriel e Fábio Santos (Grêmio)
Gols: ATLÉTICO-PR: Maikon Leite, aos 35 minutos do primeiro tempo
GRÊMIO: Vilson, aos 14 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO-PR:
Neto; Wagner Diniz, Manoel, Rhodolfo e Paulinho; Deivid, Olberdam (Guerrón), Branquinho e Paulo Baier; Maikon Leite (Vítor) e Bruno Mineiro (Nieto).
Técnico:
Paulo César Carpegiani
GRÊMIO: Victor; Gabriel, Vilson, Rafael Marques e Fábio Santos; Fábio Rochemback, Gílson (Adilson), Souza (Leandro) e Douglas (Neuton); Jonas e Borges.
Técnico:
Renato Gaúcho.


Resultado\Próximo Jogo

O Grêmio está com 16 pontos na 17ª posição e pode sair do rebaixamento com uma vitória e um tropeço do Grêmio Prundente, que joga em casa contra o Botafogo. Na próxima rodada o Grêmio recebe o Guaraní no estádio Olímpico Monumental às 19h30min dia 1º/09/2010.


Vídeo:

0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011