02/08/2010

BR'10: 12 de 36

Chega ao fim mais uma rodada do Brasileirão pós Mundial e o Grêmio ainda não venceu. O rival não poderia ser mais tradicional, o Internacional. Em qualquer outra circunstância o resultado não seria ruim, mas estamos com 1/3 (12) dos pontos possíveis, ou seja, perdemos 24 pontos! Um número assustador que nos faz pensar que se fosse o contrário, 24 pontos de 36, estaríamos na liderança isolada da competição.


Primeiro tempo

Não era segredo para ninguém que o Inter entraria em campo com uma equipe mista, de olho no duelo contra o São Paulo, pela Libertadores, na quinta-feira. Mesmo assim, o time escalado por Celso Roth tinha cara de titular. Nas laterais, Nei e Kleber cederam suas vagas a Bruno Silva e Juan. No meio, D'Alessandro foi substituído por Giuliano, décimo segundo jogador da equipe. À frente, o ídolo Rafael Sóbis entrou no lugar de Taison e Everton jogou para Alecsandro descansar.

Foto: Cristiano Estrela / CP
Apesar da qualidade da equipe da casa, foi o Grêmio quem criou as melhores chances da etapa inicial. Buscando espantar a crise e com apenas uma ausência (Fábio Rochemback, substituído por Ferdinando), o Grêmio entrou determinado taticamente, deixou o Inter trocar passes no meio-campo, mas impediu que os rivais chegassem à área com perigo.

Enquanto Rafael Sóbis brigava praticamente sozinho pela ponta esquerda contra os viris defensores rivais e era muitas vezes parado com faltas, o Grêmio aproveitava os espaços e conseguia assustar o goleiro Renan quando retomava a posse de bola.

Foto: Cristiano Estrela / CP
As duas melhores oportunidades aconteceram no primeiro e no último minuto da etapa inicial. No começo do jogo, Índio recuou mal para Renan, Jonas se antecipou e quase obrigou o arqueiro a trabalhar. Aos 44, com muito espaço, Borges chutou para fora após passe de cabeça do zagueiro Rodrigo.


Segundo tempo

No intervalo, Celso Roth sacou o desligado Índio e colocou Fabiano Eller em seu lugar. A modificação não mudou o panorama do jogo e o Grêmio continuou levando perigo na base da saída rápida ao ataque. Logo no primeiro lance, Jonas recuperou a bola no meio e lançou para Maylson, que bateu cruzado e exigiu boa defesa de Renan.

Foto: Fabiano Amaral / CP
A primeira chance criada pelos anfitriões na partida foi aos 14 minutos. Numa das poucas vezes em que saiu do isolamento da ponta esquerda e apareceu no meio, Rafael Sóbis deu bom lançamento para Giuliano, que obrigou Victor a fazer grande defesa.

Pouco antes da metade da etapa complementar, os dois técnicos fizeram duas modificações em suas equipes. Do lado vermelho, Daniel e Taison entraram nos lugares de Bruno Silva e Andrezinho. Na lateral direita gremista, Edílson substituiu Maylson. Na zaga, Ozeia saiu para evitar o segundo amarelo e o volante Willian Magrão entrou em seu lugar, improvisado como líbero.

Foto: Fabiano Amaral / CP
As mudanças alteraram um pouco o panorama do jogo. O Inter passou a arriscar mais e até criou algumas boas oportunidades através de cruzamentos na área e por meio de boas jogadas de Taison, que assustou o goleiro Victor com um chute de longe. No fim do jogo, Silas deixou sua equipe com apenas um atacante, com a saída de Borges e o retorno de Souza após longo tempo em recuperação de lesão no joelho.

A equipe gremista pareceu satisfeita com o empate fora de casa, mesmo enfrentando um time misto do rival e não obtendo os três pontos necessários para sair da zona do rebaixamento. Já a torcida do Inter terminou o jogo aplaudindo a equipe e já entrou no clima decisivo da Libertadores.


FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 0 x 0 GRÊMIO

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 1º de agosto de 2010, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Sálvio Spinola Fagundes (Fifa-SP)
Assistentes: Carlos Berkenbrock (Fifa-SC) e Márcio Eustáquio Santiago (Fifa-MG)
Cartões Amarelos: Juan, Bruno Silva (Internacional); Ozeia, Jonas, Hugo, Willian Magrão e Ferdinando (Grêmio)
INTER: Renan; Bruno Silva (Daniel), Bolívar, Índio (Fabiano Eller) e Juan; Sandro, Guiñazu, Andrezinho (Taison) e Giuliano; Rafael Sobis e Everton
Técnico: Celso Roth
GRÊMIO: Victor; Ozeia (Willian Magrão), Rafael Marques e Rodrigo; Maylson (Edílson), Ferdinando, Adílson, Douglas e Hugo; Jonas e Borges (Souza)
Técnico: Silas


Resultado\Próximo jogo

Atuando com uma equipe mista, o Internacional conseguiu equilibrar o duelo contra os titulares do Grêmio, que se esforçou, criou oportunidades, mas não conseguiu marcar o gol necessário para sair vitorioso do Beira-Rio. O empate por 0 a 0 acabou sendo mais negócio para os donos da casa, que agora ficam focados somente na Libertadores e continuam na briga pelas primeira posições do Campeonato Brasileiro. Já o Grêmio termina a rodada na zona do rebaixamento.

Na próxima rodada, o Inter enfrentará a garotada do Santos, na Vila Belmiro. O clima desta partida será extremamente influenciado pelos resultados obtidos pelas equipes no meio da semana, já que o Santos também terá um jogo importantíssimo pela frente, contra o Vitória, pela final da Copa do Brasil. Já o Grêmio colocará à prova a boa fase do Fluminense, no Olímpico. Para este jogo, Ozeia, Jonas e Hugo estão suspensos pelo terceiro amarelo.



Vídeo:



0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011