06/06/2011

BR'11: Vitória para dar ânimo


O Grêmio está longe de produzir futebol como o do segundo semestre de 2010, falta a tão sonhada regularidade na partida, mas o certo é que estamos no caminho dela. Com toda certeza o clube tem plantel para evoluir ainda mais, falta peças de titularidade e banco para um campeonato como o brasileiro, vamos espera reforços e torcer para os que estão dêem conta do recado.

Um jogo de altos e baixos, admito, todavia são três pontos (somados ao resultado da partida anterior) que recuperam a campanha gremista no início da temporada nacional. Estamos a um passo do G4 e da liderança. Isso pode ser irrelevante jogadas apenas 3 rodadas, mas em 2010 só não deu título por causa do primeiro semestre desastroso.


Primeiro tempo

Começo fulminante do Imortal. Logo aos 5 minutos de partida Fernando mandou um bolão para Mário Fernandes levantou uma bola açucarada na área para Viçosa que não perdoou, cabeceou direto para as redes. Grêmio 1X0 Bahia.

Foto: ClicEsportes
Mesmo depois do gol, o Tricolor Gaúcho não conseguiu se impor como o esperado e, aos 11 minutos, o time baiano teve a primeira chance. Jobson recebeu perto da área, se livrou da marcação de Neuton e mandou para o gol, Grohe conseguiu fazer ótima defesa.

A tarde era de Mário Fernandes, o garoto era a arma ofensiva do time, enquanto Lins era a decepção em campo. Errando muito, o atacante gremista não conseguiu escapar das vaias enquanto o zagueiro-lateral cansou de receber gritos eufóricos das arquibancadas.


Foto: ClicEsportes
Aos 32 minutos o Grêmio ampliou a vantagem. Em uma troca de passes entre Escudero e Lins, o Imortal chegou na área nordestina, com faro de gol, Viçosa estava pronto para receber dentro da área e marcar seu segundo no jogo. Grêmio 2X0 Bahia.

Escudero participou do segundo gol e demonstrou que vem evoluindo no time. Não foi só no lance aos 32 minutos que o argentino apareceu, teve grande atuação em campo inclusive servido Douglas aos 40 minutos na tentativa de marcar o terceiro perdido pelo Maestro Tricolor.


Segundo tempo

Em desvantagem, o Bahia voltou tentando impor forte pressão aos donos da casa. No primeiro lance de jogo os nordestinos chegaram ao ataque, sem perigo. A pressão era boa, mas a falta de qualidade na frente impediu que as possibilidades resultassem em gol, não tirando o mérito da defesa gremista, claro.

Foto: ClicEsportes
Aos 9 minutos o Grêmio se aproveitou do espaço deixado pelos visitantes e quase ampliou. Douglas mandou para Viçosa que emendou uma bomba, mas o goleiro Marcelo Lomba conseguiu tirar para escanteio. Três minutos depois mais uma vez Junior Viçosa, dessa vez passando boa bola para Lins que não consegui concluir na cara do gol (o que custou sua substituição).

Foto: ClicEsportes
O Bahia quase descontou aos 17 minutos. Jobson sofreu falta e, na cobrança, a bola bateu no travessão. Logo depois os baianos chegaram novamente, parando na marcação de Rafael Maques. Apesar dos sustos o Grêmio mantinha a partida sob controle e já ensaiava o terceiro gol que quase saiu aos 32 minutos quando Marquinhos, estreante, quase empurrou a redonda para as redes.

Sem forças para buscar o gol os visitantes, que erraram muito durante todo o jogo, se viram obrigados a sair do estádio Olímpico com uma derrota fácil para o Imortal em uma das melhores atuações do sistema defensivo desde 2010. Bom sinal.


FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 2 X 0 BAHIA
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 3 de junho, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Renda: R$ 277.262,00
Público: 18.695 pagantes
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Lilian da Silva Bruno (RJ)
Cartões amarelos: Fernando (Grêmio); Souza e Camacho (Bahia)
GOLS: GRÊMIO: Junior Viçosa, aos 5 e aos 32 minutos do primeiro tempo;
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Mário Fernandes, Saimon, Rafael Marques e Neuton; Fábio Rochemback, Fernando, Escudero (Douglas) e Douglas; Lins (Leandro) e Junior Viçosa (Marquinhos)
Técnico: Renato Gaúcho
BAHIA: Marcelo Lomba, Gabriel, Danny Morais, Titi e Ávine (Marcos); Marcone, Fahel, Camacho e Lulinha (Maranhão); Souza (Rafael) e Jobson
Técnico: René Simões


Resultado/ Próximo jogo

Com a vitória pulamos para o 5º lugar na competição. Estamos com a mesma pontuação do São Paulo (com um jogo a menos que nós) que tem saldo melhor e a 1 ponto do líder Corinthians.

Nossa próxima partida é dia 11 de junho, sábado. O jogo será no estádio Morumbi, às 18h30min e pode garantir inclusive a liderança já na próxima rodada. Na torcida galera!





Vídeo:

0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011