27/06/2011

BR'11: Mais um fruto do "planejamento" 2011


Com um time desorganizado, fraco, despreparado e qualquer outro argumento que possamos enumerar para definir a atuação deprimente do Grêmio no estádio do Engenhão neste domingo, perdemos para a fraca equipe do Botafogo pelo placar de 2X1.

Realmente está comprovado que Portaluppi não está nem ai para seu emprego, sabe que a culpa não é sua e aproveita para não ajudar a amenizar a situação. Parece que o nosso técnico quer ser o salvador da Pátria Tricolor novamente, deixando o time de qualquer jeito até a chegada de reforços para ai resolver montar uma equipe decente e vencer 10 jogos seguidos que não levam a nada, enquanto isso, escala Lins e Fernando, deixando mofar no banco Escudero e Leandro.

Estamos perdendo terreno, a briga pelo título esta forte, só nós estamos de fora. Ainda que tenhamos um jogo fácil contra o Avaí no Olímpico, o medo de mais um empate em casa faz cada gremista perguntar "a que ponto chegamos", pois é, não sei.


Primeiro tempo

O técnico Renato montou a equipe novamente com um esquema que não dá certo no Grêmio, a fórmula que fez muito torcedor amargar derrota para Oriente Petrolero, uma goleada para um time eliminado, entre outras infelicidades de 2011. O resultado prático da idéia? O time gaúcho ficou socado na defesa.

Foto: Agência Lance
A equipe gremista não passava do meio campo, enquanto o Botafogo buscava insistentemente achar uma brecha na defesa para concluir a gol. Como era de se esperar, a primeira chance de jogo foi botafoguense, assim como a segunda, terceira ......

Com um futebol fraco, o Grêmio se via acuado até pelos ataques do débil Herrera, que aos 25 minutos teve a chance de abrir o marcador, mas repetindo a sina de todos os clubes que passou, errou. Era assim até os 30 minutos, repito, 30 minutos, quando PELA PRIMEIRA VEZ o Grêmio chegou no gol da equipe carioca.

Foto: Agência Lance
A primeira boa chance gaúcha caiu justamente no pé de quem não sabe jogar NADA no Grêmio, Fernando. O jogador gremista recebeu a bola cara a cara com o botafoguense Renan, mas chutou nas mão do goleiro. Chance preciosa perdida. Alguns minutos depois, outra chegada, dessa vez com Lúcio que deu um voleio todo torto e a bola foi para a linha de fundo.

O Imortal começava a se impor, mas não demorou muito a reação, a equipe mandante conseguiu equilibrar a partida. Quando o jogo estava começando a ficar interessante, apito, fim do primeiro tempo.



Segundo tempo

Para a segunda etapa o Tricolor voltou igual, na escalação e no futebol apresentado no início de jogo. O Botafogo aproveitava a chance para jogar no erro da defesa gremista, que não demoraria a acontecer. Quando não se erra atrás se peca na frente, aos 15 minutos Douglas mandou boa bola para Lins que, pior que o Herrera, conseguiu manda para fora.

Foto: Agência Lance
Aos 19 minutos mais uma chance desperdiçada, Magrão recebeu de Gabriel e bateu mal, para boa defesa de Renan, no rebote o lateral-direito tricolor mandou para fora.

Apesar do jogo mais parelho, o Grêmio sofreu o gol carioca aos 25 minutos, Elkesson mandou para Marcinho que estufou a rede de cabeça. O gol não surgiu do mero acaso, o vilão da história (além de Renato que o escalou) foi Fernando, o guri que já não estava bem na partida foi expulso pelo segundo amarelo, deixando o time pior do que já estava.

Foto: Agência Lance
Na obrigação, Renato colocou Leandro (finalmente!!!) no lugar de Lins, na busca pelo empate. Mas o pior estava por vir, após um apagão no estádio, aos 37 minutos Elkesson ampliou a vantagem dos donos da casa e complicou de vez o jogo para nós.

Depois do gol a equipe visitante se jogou para o ataque, mas não produzindo alguma pressão, indo de qualquer jeito para frente do campo adversário, sem qualquer organização ou qualidade. Para não ficar tão feia a derrota, o Grêmio conseguiu fazer um gol com Rafa Marques aos 43 minutos. Fim de papo, poderia ter sido pior.



FICHA TÉCNICA
Botafogo 2 X 1 Grêmio

Local: Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 26 de junho de 2011, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Jailson Freitas (BA)
Assistentes: Adailton Silva e José dos Santos (ambos da BA)
Cartões amarelos: Marcelo Mattos, Elkeson e Caio (Botafogo); Fernando, Mário Fernandes (Grêmio)
Cartão vermelho: Fernando (Grêmio)

Gols:
BOTAFOGO: Marcelo Mattos, aos 25, e Elkeson, aos 57 minutos do segundo tempo
GRÊMIO: Rafael Marques, aos 65 minutos do segundo tempo

BOTAFOGO: Renan; Alessandro, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Lucas Zen, Marcelo Mattos (Tiago Galhardo), Maicosuel (Caio), Everton (Cidinho) e Elkeson; Herrera
Técnico: Caio Junior

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Mário Fernandes, Rafael Marques e Neuton; Gabriel, Fernando,Willian Magrão, Marquinhos (Roberson), Douglas e Lúcio; Lins (Leandro)
Técnico: Renato Gaúcho




Resultado/ Próximo jogo

Com a derrota estamos com 7 pontos na 13º colocação. Agora estamos mais próximos do rebaixamento que da Libertadores, sinal vermelho! Com 2 pontos a mais que o primeiro do Z4 e 4 a menos que o último do G4, do líder estamos a 8 pontos.

Nossa próxima partida é contra o Avaí. O jogo será no estádio Olímpico, dia 29 de junho, às 19h30min. Precisamos dos 3 pontos e o adversário é o lanterna da competição e só fez 1 ponto em seis rodadas, não podemos perder a oportunidade.




Vídeo:

0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011