06/12/2010

BR'10: Os passos do Tri



O primeiro dos três passos para o tri da Libertadores foi dado. Com a vitória impecável sobre o Botafogo por 3X0 o Imortal deu um grande passo para 2011. Agora resta torcer contra o Goiás na Sul-Americana, segundo passo, e o mais difícil, copar em 2011.

Tudo para o Tricolor de alma castelhana é penoso, sofrido, na garra, e por isso é tão bom ganhar. Quarta-feira vai ter mais torcedores do Grêmio torcendo pelo Independiente que os próprios argentinos e os goianos somados.


Primeiro tempo

Como a muito se vê no Grêmio de Renato e nunca se viu no Grêmio de Silas, talvez uma vez ou duas, o Imortal começou pressionando desde o primeiro segundo de jogo. Aos 2min o goleador gremista já estava na cara do goleiro Jefferson; Jonas mandou uma cabeçada e quase abriu o marcador, chance clara.

O Botafogo estava assustado, mas aos 12min tentou uma reação em uma bola parada. Marcelo Cordeiro, mas Victor fez a defesa. Irritado com a arbitragem Joel Santana foi expulso logo após o lance. Aos 18min os cariocas chegaram novamente com Loco Abreu que mandou para Marcelo cordeiro que tentou e no rebote Fábio Santos afastou.

Foto: Edu Andrade/Gazeta Press

Mesmo com o ímpeto botafoguense em tentar igualar a partida, erramos infinitamente superiores a eles. Assim, aos 20min, Jonas recebeu na área e mandou para o gol, Jefferson espalmou e no rebote André Lima mandou para o gol.

Aos 38min mais festa. Jonas tabelou com André Lima e, cara-a-cara com o goleiro botafoguense, mandou uma bomba contra o patrimônio carioca. O goleador passou o Saint Portaluppi com 75 gols, um a mais e ainda levou o título de goleador do campeonato.


Foto: Lucas Uebel/Gazeta Press
 
No final do primeiro tempo André Lima quase ampliou para 3, mas parou em uma ótima defesa do goleiro Jefferson.
 
 
Segundo tempo
 
Na volta o Botafogo estava mais preocupado do que nunca. As faltas começaram a aparecer e o jogo ficou truncado. O time carioca voltou mais ofensivo e foi para o tudo ou nada.
 
Antes que o clube alvinegro pudesse reagir o Grêmio fechou a conta. Aos 8min Douglas recebeu uma bola de Jefferson, isso mesmo, do goleiro do Botafogo, mandou para André Lima que devolveu açucarada para o meia da Seleção mandar para o gol. Grêmio 3X0 Botafogo.
 

Foto: Roberto Vinícius/Gazeta Press

Os cariocas não conseguiram reagir, as jogadas não saiam e o medo de um vexame maior impedia qualquer tipo de "loucura" em campo. O jogo estava praticamente terminado no começo do segundo tempo.
 
Das jogadas adversárias que se pode mencionar é apenas uma bola na trave aos 29min de Antônio Carlos, pois o Grêmio era quem mantinha a iniciativa. A fome de Renato por gols é tanta que Diego entrou na vaga de André Lima, esse Portaluppi gosta mesmo é de bola na rede.
 
Diego entrou e o Grêmio quase ampliou por diversas vezes. Logo no seu início de partida o talismã mandou para Lúcio que mandou na trave. Logo após o lance com Lúcio, Diego levou perigo a Jefferson que tirou a bola do gremista no último instante. Depois ainda perdeu uma chance quando recebeu de Jonas, mas não conseguiu dominar.
 
O jogo terminou com a vitória na épica campanha do segundo turno. Tudo graças ao ídolo que trouxe de volta a alma do IMORTAL TRICOLOR DOS PAMPAS.
 
 
Resultado

Com chegamos a 63 pontos e garantimos a 4ª colocação. Agora aguardamos o último jogo da final da copa Sul-Americana para ver se levamos a vaga na Libertadores. Para garantir precisamos de uma vitória do Independiente sobre o Goiás nessa quarta-feira por dois gols (e vitória nos pênaltis) ou mais de três, pois só levamos a vaga se o time goiano não ganhar a Sula.


Vídeo:

0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011