24/05/2010

BR'10: Contra o Palmeiras, a derrota pós Santos

A ressaca pós Santos afeta os jogadores gremistas, em um jogo turbulento no estádio Palestra Itália em São Paulo, o time de Silas perdeu a segunda partida no estado paulista, agora volta para casa com o gosto amargo da eliminação na Copa do Brasil e o penúltimo lugar no Brasileirão.

Em seu último jogo no Palestra Itália, o Palmeiras precisava vencer para fechar positivamente sua história no velho estádio, que será demolido para a construção da Arena Palestra. Além da partida histórica, o Verdão tinha a possibilidade de afastar a "zica" e voltar a vencer, conseguiu.


Primeiro tempo

Apesar da derrota para o Santos, ter sido eliminado e estar na casa do adversário, foi o Grêmio que começou melhor na partida. Logo aos 6 minutos Douglas assustava a torcida palmeirense após chutar de fora de área, tirando tinta do poste esquerdo do goleiro Marcos.


Foto: Thiago Bernardes\UOL
Jogando sem um centroavante fixo, o Palmeiras apostava na velocidade de seus atacantes para tentar vencer a defesa do Grêmio, formada por Rodrigo e Ozéia. E, a fórmula deu certo, pois aos 15 minutos, o Verdão abriu o placar. Cleiton Xavier lançou para o atacante, o zagueiro Rodrigo escorregou na entrada da área, e a bola sobrou para Ewerthon, que chutou forte, sem chances para o goleiro Vitor, que ainda tentou desviar, mas não foi o suficiente para impedir o gol.

O gol deu tranquilidade ao time palmeirense, que passou a tocar a bola e levar perigo ao Grêmio em jogadas pelas laterais do campo, principalmente, pelo lado direito com Vitor e Vinicius. Com superioridade  na partida, o Verdão conseguiu ampliar o marcador, aos 29 minutos Ewerthon marcou novamente se aproveitando do rebote do goleiro Vitor, após defesa de chute de Vinicius dentro da área. Palmeiras 2x0 Grêmio.

Foto: Thiago Bernardes\UOL
Mas a festa palmeirense durou pouco. Logo no lance seguinte, o Grêmio conseguiu o empate com Jonas que recebeu passe na grande área e chutou cruzado, o goleiro Marcos chegou a pular na bola, mas sem chances de defesa. Antes do final do primeiro tempo, o Imortal teve chance de empatar a partida. Jonas recebeu na entrada da área e rolou para Leandro, que de frente para o gol, chutou para fora, longe do gol de Marcos.

Os dois times terminaram a primeira etapa com dez jogadores. Marcos Assunção e Douglas discutiram, trocaram empurrões e foram expulsos pelo árbitro da partida, Paulo Godoy Bezerra.


Segundo tempo

Sem Douglas e Marcos Assunção, que acabaram expulsos no final do primeiro tempo devido a uma discussão, o jogo reiniciava. E não demorou muito para a rede balançar, logo aos três minutos o Grêmio conseguia  o empate. Fabio Rochemback cobrou falta na direção da área e o meia Hugo subiu mais que todo mundo para desviar para o gol, sem chances para o goleiro Marcos.

Foto: Thiago Bernardes\UOL
O gol sofrido acordou o Palmeiras, que passou a ter mais posse de bola e insistir para tentar se despedir do Palestra Itália com vitória. O Verdão tentava chegar ao ataque em jogadas pelo lado direito e com bolas enfiadas pelo meia Cleiton Xavier. Aos 15 minutos, à superioridade do Palmeiras foi convertida em gol. Só que o tento veio através de bola parada. Cleiton Xavier cobrou escanteio e Mauricio Ramos, que entrou ainda no primeiro tempo para substituir Léo, que sentiu uma contusão, subiu mais que todo mundo e desviou no ângulo esquerdo do goleiro Vitor.

O terceiro gol do Palmeiras jogou um balde de água fria no time do Grêmio, que se lançou à frente tentando o empate a qualquer custo. Com todo o time adversário no campo de ataque, o Verdão teve espaço para tentar mais um gol. Aos 25 minutos, o ataque palmeirense aproveitou bem o espaço deixado pelo adversário para ampliar o placar. Cleiton Xavier recebeu no meio-campo e lançou Vinicius pelo lado direito, o atacante se livrou de três jogadores do Grêmio e cruzou rasteiro para o Cleiton Xavier desviar para o fundo das redes, era o fim da partida.



FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 4 x 2 GRÊMIO

Local: Estádio do Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data: 22 de maio de 2010, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Paulo H. Godoy Bezerra (SC)
Assistentes: Carlos Berkenbrock e Angelo Rudimar Bechi (ambos SC).
Cartões amarelos: Vinícius, Edinho e Márcio Araújo (Palmeiras); Ozeia, Fábio Rochemback e Adilson (Grêmio)
Cartões vermelhos: Marcos Assunção (Palmeiras); Douglas (Grêmio)
Gols:
PALMEIRAS: Ewerthon, aos 15 e aos 30 minutos do primeiro tempo; Maurício Ramos, aos 15; Cleiton Xavier, aos 24 minutos do segundo tempo
GRÊMIO: Jonas, aos 31 minutos do primeiro tempo; Hugo, aos três minutos do segundo tempo.
PALMEIRAS: Marcos; Vitor, Léo (Maurício Ramos), Danilo e Armero; Edinho, Marcos Assunção, Márcio Araújo e Cleiton Xavier; Ewerthon (Souza) e Vinicius (Paulo Henrique)
Técnico: Jorge Parraga (interino)
GRÊMIO: Victor; Joilson, Ozeia, Rodrigo e Bruno Colasso (Maílson); Adílson, Fábio Rochemback, Hugo e Douglas; Jonas e Leandro (William)
Técnico: Silas.


Resultado\Proximo jogo

Com o resultado estamos na penúltima colocação do campeonato, para tentar melhorar a situação pegamos o Avaí, na quarta-feira, às 19h30, no estádio Olímpico. Precisamos reagir para não acabar mais um ano na seca de títulos de expressão.


Vídeo:

0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011