22/04/2010

CBR'10: Grêmio perde, mas segue adiante


Desligado, devido a grande vantagem que conquistou no Monumental, o Grêmio tomou um susto da equipe catarinense do Avaí e quase ficou sem a vaga. Porém, a derrota por 3x2 foi suficiente, já que o time podia perder por um gol de diferença. A instabilidade do grupo é preocupante, momentos bobos de alguns jogos põem a perder um jogo inteiro, será que Silas faz um bom trabalho? Não poderia fazer muito mais com o plantel que tem?

Agora seguimos a diante na competição, pegamos ou o Fluminense ou a Portuguesa, não sei o que é melhor, acredito que, mesmo sendo menores, os paulistas dariam mais trabalho ao Imortal, seria um ótimo teste para enfrentar, muito possivelmente, o Santos em uma semifinal.


Primeiro tempo

Os donos da casa estavam bem diferentes da partida no Olímpico, com um esquema organizado para o ataque, foi difícil segurar o adversário que veio para cima desde o primeiro instante de jogo. Na primeira boa chance da partida Robinho assustou Victor da entrada da área, seria assim durante todo primeiro tempo, um atacando e o goleiro gremista defendendo.

Foto: Ricardo Duarte
Acuado, o Grêmio só conseguiu chegar aos 15 minutos, mas levou perigo. Douglas fez grande jogada para Fábio Santos, o lateral-esquerdo mandou para Borges que, livre, mandou de cabeça, mas a bola saiu para fora. Cinco minutos depois mais visitantes, William Magrão chutou de fora da área, mas o goleiro Zé Carlos faz grande defesa.

Depois de um momento de preocupações com os ataques gremistas, o Avaí voltou a controlar o jogo. Aos 28 minutos Roberto deu um chute de fora da área e Victor fez bela defesa. Mais tarde, aos 37, o goleiro tricolor teve mais uma boa participação, Rafael conseguiu cabecear dentro da pequena área, mas a muralha salvou.

Foto: Flávio Neves
Ensaiando o gol desde o começo de jogo os donos da casa conseguiram balançar as redes, muito devido a grande ajuda dos gremistas, que simplesmente decidiram começar o intervalo mais cedo. Em uma sobra de bola perto da área, Davi lançou para Roberto que, livre, só teve o trabalho de empurrar para as redes aos 44 minutos. Íamos para o vestiário com a desvantagem.


Segundo tempo

O Grêmio tentou iniciar a etapa complementar atacando, mas foi o Avaí que teve o controle novamente. Em jogadas rápidas os dois times assustavam, O Tricolor chegou forte aos 3 minutos quando Leandro tentou concluir de dentro da área, mas Rafael interveio no lance.

Foto: Ricardo Duarte
Não durou muito a superioridade avaiana, aos 7 minutos Jonas estufou as redes visitantes, mas o gol foi anulado. O atacante completou de cabeça para as redes, mas fez falta. Não deu aos 7, mas deu aos 9, em bela jogada de Douglas, o zagueiro Rodrigo mandou a bola no travessão, no meio da confusão dentro da área Jonas abriu o marcador para os gaúchos.

Aos 27 minutos os donos da casa chegaram ao segundo gol, em uma bobeada da defesa, Roberto lançou para Laércio que mandou direto para colocar o Avaí na frente novamente. O Grêmio não ficou por muito tempo atrás no marcador e faz o segundo aos 32 minutos, Rochemback acertou um torpedo indefensável contra o gol de Zé Carlos.

Foto: Flávio Neves
 Silas resolveu mudar a equipe, colocou todo mundo para a defesa e chamou o Avaí para o ataque, coisa de técnico com mentalidade de time pequeno. O resultado demorou, mas aconteceu já nos acréscimos, aos 48 minutos Laércio fez o terceiro dos catarinenses e segundo dele, mas não dava mais tempo para nada, um minuto depois a partida foi finalizada.



FICHA TÉCNICA
AVAÍ 3 x 2 GRÊMIO
Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC)
Data: 21 de abril de 2010, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Bruno Boschilia (ambos do PR)
Cartões amarelos: Medina e Marcinho Guerreiro (Avaí); Willian Magrão, Victor e Fábio Santos (Grêmio)
GOLS: Roberto, aos 44 minutos do primeiro tempo; Jonas, aos 9 minutos do segundo tempo; Laércio, aos 26; Fábio Rochemback ao 32 minutos do segundo tempo e Laércio aos 47 minutos do segundo tempo;
GRÊMIO: Victor; Edílson, Mário Fernandes, Rodrigo e Fábio Santos; Ferdinando, William Magrão (Fábio Rochemback), Leandro (Adilson) e Douglas; Jonas (Hugo) e Borges
Técnico: Silas
AVAÍ: AVAÍ: Zé Carlos; Émerson Nunes (Rodrigo), Rafael, Émerson e Uendel; Marcinho Guerreiro, Batista, Davi (Medina) e Robinho; Roberto e Cristian (Laércio)
Técnico: Péricles Chamusca


Resultado/Próximo jogo

Mesmo com a derrota chegamos às quartas-de-final, jogaremos com a Portuguesa ou contra o Fluminense, no primeiro jogo no Rio de Janeiro, a equipe carioca venceu por 1x0.

Nossa próxima partida é pela final do Campeonato Gaúcho de 2010, enfrentaremos a equipe do Internacional, campeão da Taça Fábio Koff, segundo turno, pois vencemos somente o primeiro turno, Taça Fernando Carvalho. O jogo será no Beira-Rio, dia 25 de abril.



Vídeo:


0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011