27/09/2009

BR'09: E a saga continua!


Durou pouco a alegria gremista, depois de um ótimo início vencendo, parecia que o Memorial do Olímpico já poderia estudar um lugar para uma nova taça, nos enganamos. Agora nos resta sonhar com a Libertadores e, se por ironia do destino a maré mudar, pensar em algo mais.

Agora temos um jogo relativamente fácil contra o Sport, pode ser a chance de encostar na vaga da Copa Libertadores, já que do título estamos muito distantes. Para ficar com a competição nacional teríamos que fazer algo em torno de 90% dos pontos possíveis, com a atual campanha fora de casa, incogitável.


Primeiro tempo

Nos 45 minutos iniciais muito equilíbrio. A primeira boa chance da partida foi do time esmeraldino, demorou, mas, aos 15 minutos, Iarley invadiu a área gremista pela direita e finalizou perigosamente, a bola foi em direção do gol, mas desviou de Rafael Marques. No lance os donos da casa pediram pênalti, pois teria batido no braço do zagueiro, Heber Roberto Lopes ignorou o lance.

Foto: ClicRBS
Dois minutos depois o Grêmio respondeu em alto estilo, Jonas trocou passes com Souza até o campo de defesa mandante, o meia invadiu a pequena área, driblou o goleiro Harlei e concluiu para as redes esmeraldinas. Euforia tricolor, era a esperança de título pintando.

Aos 24 minutos quase veio o empate, o lateral Vitor chegou forte no ataque, finalizou em cima da zaga e, na sobra, Iarley, de frente para o gol perdeu a bola, bobeada providencial. Pouco depois, aos 29, Adilson cruzou para Jonas que cabeceou para a linha de fundo, perdendo uma chance incrível.

Foto: Terra
Parecia inevitável o empate do Goiás, a pressão era intensa e o Grêmio encontrava diversas dificuldades. O Imortal resistia, mas, aos 32 minutos, não conseguiu segurar. Em bela jogada pela esquerda, Fernando cruzou para Júlio César que mandou para Léo Lima, o esmeraldino passou pela defesa gremista com facilidade e empatou o jogo.

O Tricolor tentou voltar a frente do marcador dois minutos depois. Aos 34, Fábio Rochemback mandou uma bomba contra o gol de Harlei, seguro, o goleiro se esticou todo e fez uma bela defesa. Até o final do primeiro tempo os times se preservaram.


Segundo tempo

Na volta para a segunda etapa o Grêmio começou forte. Aos 3 minutos perdemos uma ótima chance, Adilson recebeu a bola na frente do gol adversário, mas, seguindo sua sina de não saber finalizar, adiantou demais e perdeu para o goleiro esmeraldino.

O susto tricolor durou por pouco tempo, isso porque, aos 7 minutos, o Goiás quase virou. Vitor cruzou para Fernandão que, se preparando para um chute certeiro, foi desarmado pela defesa gremista. Aos 18 minutos o ídolo colorado perdeu mais uma, Léo Lima deixou o companheiro frente à frente com Victor, mas chutou para fora, sendo que Iarley aparecia livre pela direita.

Foto: Globo.com
Se já era melhor antes, os donos da casa simplesmente dominaram depois do meio da segunda etapa. Aos 24 minutos Julio César chutou cruzado pela direita, obrigando o goleiro gremista a uma difícil defesa e, aos 37, os tricolores sucumbiram à pressão e sofreram a virada. Willian Thiego (não sei como o Grêmio contrata jogadores como esse) fez um erro grosseiro, a bola sobrou para Felipe que finalizou para virar o jogo.

Depois do gol, o Imortal se abateu e não conseguiu mais produzir chances. Desorganizado, tentou buscar o gol, mas apenas desperdiçou tempo restante para o final da partida.


FICHA TÉCNICA
GOIÁS 2X1 GRÊMIO
Estádio: Serra Dourada (Goiânia - GO)
Público e Renda: não divulgados
Gols: Souza, aos 17 minutos do 1° tempo (GRÊMIO), Léo Lima, aos 32 minutos do 1° tempo, e Felipe, aos 36 minutos do 2° tempo (Goiás).
Cartões Amarelos: Rafael Marques e Réver (GRÊMIO).
Árbitro: Heber Roberto Lopes (PR).
Auxiliares: Marrubson Melo Freitas (DF) e Eremilson Xavier Macedo (DF).
GRÊMIO: Victor, William Thiego, Rafael Marques, Réver, Bruno Collaço, Adílson (Lúcio), Fábio Rochemback, Souza, Tcheco (Túlio), Jonas (Herrera) e Maxi López. Técnico: Paulo Autuori.
GOIÁS: Harlei, Ernando, Valmir Lucas, João Paulo, Vitor, Everton, Fernando, Júlio César (Amaral), Léo Lima (Romerito), Iarley e Fernandão (Felipe). Técnico: Hélio dos Anjos.


Resultado/ Próximo jogo

Com a derrota estacionamos na 6ª posição com 39 pontos. Estamos a 5 pontos da Libertadores e a 11 do líder Palmeiras.

Nossa próxima partida é fácil, jogaremos contra o Sport no estádio Olímpico. O jogo será quinta-feira, às 16h e pode nos deixar muito próximos da La'10.



Vídeo:

0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011