05/11/2009

BR’09: Adeus Libertadores!


Chega de se enganar, com o péssimo empate ontem contra a equipe do São Paulo, o Grêmio pode esquecer a América no ano que vem. Além de estarmos na reta final do campeonato e muito longe do G4, nosso próximo adversário é nossa toca, o Cruzeiro, o qual não vencemos fora a mais de 10 anos.

Temos que pensar em título, talvez seja hora de fazer time para a conquista da Copa do Brasil e dar uma atenção a Sul-Americana, que por pior que seja é taça. A campanha no Brasileirão do ano passado deu esperanças que seria diferente esse ano, mas não deu, fazer o quê?.


Primeiro tempo

A primeira etapa começou equilibrada, o jogo foi bom, com bastante movimentação, mas muitos erros por parte dos gremistas. O Grêmio atacou bastante pelo lado esquerdo, mas a efetividade só veio no meio do jogo.

Foto: ClicRBS
Aos 24 minutos o zagueiro Rafael Marques se redimiu da péssima atuação diante do Santo André, quando marcou um gol contra na derrota por 2X0 fora de casa. O jogador recebeu excelente passe de Douglas costa e, de cabeça, mandou a bola para as redes. Grêmio 1X0 São Paulo.

Não durou muito a vantagem dos donos da casa, errando muito, o Imortal deu várias oportunidades ao adversário que, aos 31 minutos, conseguiu a igualdade. Hernandes alçou a bola na área gremista e Dagoberto, algoz gaúcho em diversas oportunidades, mandou para as redes (a bola disviou em Rafa Marques, mas deixa quieto).

Foto: ClicRBS
O jogo continuou movimentado depois do empate, ambas as equipes não tiveram medo de atacar, empilhando boas chances de gol. Em uma das chances do Grêmio, Maxi López foi derrubado dentro da área, a arbitragem não marcou penalidade existente, poderia ter mudado a história do jogo.


Segundo tempo

Mal voltaram para a segunda etapa e o jogo já estava pegando fogo. Aos 3 minutos da segunda etapa Hernanes quase marcou a virada são-paulina, mas Victor fez grande defesa salvando a Nação Gremista.
O Imortal não ficou atrás, sabendo que estava sendo pressionado e que seria a última chance de sonhar com a Libertadores, os donos da casa foram para cima e quase marcaram aos 11 minutos. Douglas Costa disparou para o ataque e mandou um chutaço, mas Ceni conseguiu fazer a defesa.

Foto: ClicRBS
Douglas Costa estava sendo o nome do jogo e quase decidiu a partida aos 26 minutos. O meia mandou a bola de cabeça contra o gol do São Paulo, mas Ceni, em cima da linha, conseguiu fazer a defesa. Minutos depois outro erro decisivo da arbitragem, Tcheco foi visivelmente derrubado na área por Jean, mas o juiz fez “vista gro$$a”.

Aos 33 e 34 minutos o arbitro mandou dos são-paulinos para a rua, primeiro foi Borges que levou o segundo amarelo; depois foi a vez de Dagoberto que fez uma falta dura de carrinho e levou vermelho direto, ambas as faltas foram em Túlio.

Foto: ClicRBS
Pressionando em busca da vitória o Grêmio sufocou o São Paulo na defesa, mas só conseguiu mais uma expulsão do jogador adversário. Jean fez uma falta por trás de Souza e levou o vermelho. Os paulistas tiveram na ineficiência da finalização gremista a garantia do empate.


FICHA TÉCNICA
Grêmio 1x1 São Paulo
GRÊMIO: Victor, William Thiego (Perea), Rafael Marques, Réver, Lúcio (Fábio Santos), Túlio (Herrera), Adílson, Tcheco, Souza, Douglas Costa e Maxi López.
Técnico: Paulo Autuori.
SÃO PAULO: Rogério Ceni, Renato Silva, André Dias, Miranda, Jean, Arouca (Hugo), Hernanes, Jorge Wagner (Marlos), Junior Cesar, Dagoberto e Washington (Borges).
Técnico: Ricardo Gomes.
Estádio: Olímpico Monumental (Porto Alegre - RS)
Público Pagante: 11.870 - Público Total: 13.982 torcedores - Renda: R$ 201.098,00
Gols: Rafael Marques, aos 24 minutos do 1° tempo (GRÊMIO), Dagoberto, aos 31 minutos do 1° tempo (São Paulo).
Cartões Amarelos: Túlio, Réver, Maxi López e Tcheco (GRÊMIO), Jean e Borges (São Paulo).
Cartões Vermelhos: Borges, Dagoberto e Jean (São Paulo).
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA).
Auxiliares: Erich Bandeira (PE) e Luiz Carlos Silva Teixeira (BA).


Resultado/Próximo jogo

Com o empate o Grêmio só cumpre tabela até o fim do campeonato. Os atuais 48 pontos põem em tela a campanha mediana da equipe, com 11 pontos a menos que o líder da competição.

Nossa próxima partida é contra o Cruzeiro em Belo Horizonte. O jogo será dia 14 de novembro, às 16h, no estádio do Mineirão.




Vídeo:


0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011