24/08/2009

BR'09: Quase um ano invicto!


Foi fácil, ao natural, a vitória gremista diante do Atlético Mineiro na fortaleza imperial do Imortal foi mais uma demonstração de que podemos muito mais no campeonato Brasileiro. Mais do que uma vitória, nos credenciamos por vencer uma equipe de qualidade por goleada, devemos agora, embalados com os resultados, vencer fora de casa também em busca do título nacional.

Nossa colocação não é muito boa, o próximo jogo não é muito fácil, mas mesmo assim temos que trazer três pontos de outro lugar que não o Rio Grande do Sul para poder sonhar com um futuro melhor. Com confiança e este futebol apresentado nada poderá nos parar.


Primeiro tempo

Quem começou forte não foi o Grêmio, aos 3 minutos era o Galo Mineiro que assustava a defesa adversária. Em vacilo da defesa, Marcos Rocha entrou livre no campo de ataque visitante, mas, na hora do passe para Diego Tardelli, Victor interceptou.

Foto: Daniel Marenco
O Imortal demorou um pouco para chegar ao ataque, todavia quando chegou balançou as redes. Aos 7 minutos Tcheco, pelo lado esquerdo, lançou a bola na área visitante, Réver subiu sozinho e abriu o marcador para os donos da casa. Logo após os mineiros tentaram o empate, mas Carlos Alberto desperdiçou a chance.

O segundo gol já era prenunciado aconteceu aos 23 minutos, Souza recebeu na área e cruzou para Perea, livre, estava fácil demais, então o colombiano perdeu. Por sorte a bola bateu no travessão, tocou no goleiro Bruno e entrou, uma bela lambança e mais comemoração dos tricolores.

Foto: Fernando Gomes
Depois de tomar dois os alvinegros acusaram o golpe, desorganizados sucumbiram ao domínio azul e, aos 29 minutos, levaram o terceiro. Souza cobrou falta com perfeição e a bola foi direto para o fundo do gol. Até o final da primeira etapa o Grêmio satisfeito e o Atlético acuado resolveram tocar a bola até o apito.


Segundo tempo

Como no início do jogo, foi o Galo que chegou primeiro, com 1 minuto de partida Renan Oliveira recebeu ótimo passe pela esquerda e, próximo da área, arriscou o chute, mas a bola seguiu para a linha de fundo, não foi reação, mas sim um lance isolado.

Foto: Fernando Gomes
Depois de mais uma chance no início o Atlético voltou para a defesa, o Grêmio, ao contrário, foi em busca do quarto. Aos 12 minutos por fim era fechado o caixão dos visitantes, Souza cruzou para Jonas que, dentro da área, tirou do zagueiro e estufou as redes.

Mesmo perto de uma goleada histórica os mineiros não desistiam de atacar em busca do gol de honra. Aos 21 minutos Diego Tardelli obrigou Victor a uma defesa fenomenal e, aos 33, finalmente conseguiram fazer o deles com Evandro, mas foi só.



FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 4 X 1 ATLÉTICO-MG
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 23 de agosto de 2009, domingo
Horário: 16 horas (em Brasília)
Árbitro: Wilson Souza de Mendonça (PE)
Assistentes: Ângelo Rudimar Bechi e Kléber Lúcio Gil (ambos de SC)
Cartões amarelos: Bruno Collaço (Grêmio); Jonílson (Atlético-MG)
GOLS: Réver, aos sete, Perea, aos 23, Souza, aos 29, minutos do primeiro tempo; Jonas, aos 12 minutos do segundo tempo; Evandro, aos 33 minutos do segundo tempo
GRÊMIO: Victor, Thiego, Mário Fernandes, Réver; Túlio, Adilson, Souza (Makelele), Tcheco e Bruno Collaço; Jonas (Herrera) e Perea (Douglas Costa)
Técnico: Paulo Autuori
ATLÉTICO-MG: Édson; Marcos Rocha (Evandro), Welton Felipe, Alex Bruno e Thiago Feltri; Jonílson, Renan, Carlos Alberto e Renan Oliveira (Júnior); Éder Luís (Rentería) e Diego Tardelli
Técnico: Celso Roth


Resultado/Próximo jogo

Com a fácil vitória diante dos alvinegros o Grêmio chegou a 31 pontos na 8ª colocação. Uma vitória na próxima rodada pode jogar o Imortal à poucas posições do tão sonhado G4.

Nosso próximo jogo é no Rio de Janeiro (onde não conseguimos vencer de jeito nenhum em 2008), dia 30 de agosto, domingo. O jogo será no estádio do Engenhão contra o Botafogo.




Vídeo:



0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011