19/07/2010

BR'10: Quando vamos reestrear?

A derrota de então pode ser, finalmente, a demissão de Silas. A situação esta insuportável, é mais do que o momento de renovar, se não vamos afundar de vez na competição. Não basta apelar para a Imortalidade, Duda Kroeff precisa tomar uma decisão definitiva e correta, é hora de alguém sair.

O jogo foi tenebroso, nem com muito esforço e otimismo é possível avaliar positivamente o Grêmio no decorrer da partida contra o Prudente, a desmobilização do grupo é mais do que preocupante, falta união, companheirismo, amor a camisa.


Primeiro tempo

O Grêmio tentou pressionar no início, conseguindo boas chances com Borges e Edilson, era um começo promissor, mas ao mesmo tempo despretensioso. A idéia era de que o Tricolor Gaúcho pudesse impor sua superioridade técnica diante do frágil xará do interior paulista.

Foto Gazeta.net
Seguia o tempo e os times começavam a nivelar, mas a igualdade se desfez aos 22 minutos, em uma boa jogada em cobrança de falta mudou o panorama do jogo. Paulo César bateu direto para o gol, Edílson e Douglas, abriram a barreira e a bola seguiu para as redes, havia tempo para reverter o placar, era só preciso vontade.

O que se viu depois do gol foi desesperador, o time gaúcho se perdia em campo, aos 28 minutos Edilson e Victor discutiram, em uma clara demonstração do péssimo clima do time, algo que caberia a Silas contornar, mas ao que tudo indica não há mais controle do vestiário. O goleiro gremista acabou sendo o nome do primeiro tempo, Vanderley e Wesley tiveram chances de marca para o Prudente, mas pararam na muralha tricolor.


Segundo tempo

Rodrigo, que esta cada vez mais irresponsável na defesa do Grêmio, até certo ponto cometendo erros de propósito, fez falta besta para os paulistas dentro da área antes do primeiro minuto de jogo, pênalti para os rivais. Na cobrança, Victor foi cirúrgico, salvando o time do segundo gol.

Foto: Célio Messia\UOL Esportes
A salvação do goleiro gremista animou a equipe, tentamos buscar o ataque, mas o medo de tomar o segundo gol impedia algum tipo de pressão, ainda mais diante da postura do Prudente, que somente saia em contra-ataques, visando vencer o adversário no erro.

No decorrer da partida os paulistas perderam um jogador expulso, mesmo com a oportunidade não aproveitamos, o Prudente, entretanto, fez o segundo com Vanderley, matando a partida. O jogo demonstrou a insustentável permanência de Silas no comando técnico do Grêmio, tudo que se espera é que a demissão espere a próxima partida.

FICHA TÉCNICA
PRUDENTE 2x0 GRÊMIO
Local: Estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente (SP)
Data: 18 de julho de 2010, domingo
Renda: R$ 63.680,00
Público: 4.153 pagantes
Árbitro: Arílson Bispo da Anunciação (BA)
Assistentes: Alessandro Álvaro de Matos e Adaílton José de Jesus (ambos da BA)
Cartões amarelos: Anderson e João Vitor (Prudente); Edílson, Douglas, Rodrigo e Neuton (Grêmio);
Cartão vermelho: João Vitor (Prudente);
GOLS: Paulo César, aos 22 minutos do primeiro tempo, e Wanderlei, aos 46 minutos do segundo tempo;
PRUDENTE: Giovanni; Paulo César, Anderson Luís, Leonardo e Marcelo Oliveira; Carlos Eduardo (Diego), Rodrigo Mancha, João Vitor e Deyvid Sacconi (Anderson Trindade); Wesley (Flavinho) e Wanderlei
Técnico: Toninho Cecílio
GRÊMIO: Victor; Edílson (Maylson), Rafael Marques, Rodrigo e Neuton; Adilson, Fábio Rochemback, Douglas (Roberson) e Hugo; Jonas e Borges (André Lima)
Técnico: Silas


Resultado\Próximo jogo

Com o resultado estamos na zona do rebaixamento com apenas nove pontos, em décimo sétimo lugar. Na décima rodada o Grêmio enfrenta o Vasco, quarta-feira, às 21h50, no Olímpico, precisamos urgente de uma vitória.


Vídeo:

0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011